A Juventude e o consumo de álcool

Rascunhos matutinos...
Chegando o feriado prolongado, os jovens arrumam suas malas e saem para curtir o Carnaval, a cidade fica vazia, como alguém comentou ontem, se você não viajar, parece que está cometendo algum pecado, está fora de sintonia com a realidade, está diversidade de pensamentos e atitudes que nos fazem crescer, que nos motivam a viver e alimentar os sonhos.
Muitos irão consumir bebidas alcoólicas em busca de diversão, ou apenas um prazer passageiro, ficarão mais alegres, descontraídos e falantes.
Alguns retornarão para casa, tranqüilos e felizes, foi apenas mais um Carnaval, outros não terão o mesmo final feliz, pois se envolveram em acidentes de trânsitos, brigas, e toda aquela história que todo mundo já conhece. Hospital, Delegacia de Polícia ou Cemitério, se torna mais um número nas estatísticas
É hora de pensar, agir com prudência, não deixar que o conteúdo de uma simples garrafinha seja capaz dominar e conduzir sua vida, seus sentimentos, suas ações.
É preferível que você não consuma, mas se consumir, o faça com moderação, aceite e reconheça seus limites, não dirija, evite confusões, procure ajuda se preciso for, porque a vida, é tudo aquilo que temos de mais precioso e só temos apenas um vida!
Na hora que rolar aquele clima com a gatinha, não se esqueça de envelopar o Juninho! O prazer pode não ser o mesmo, mas tudo isso depende do envolvimento de cada pessoa, demonstra maturidade e respeito a quem está em sintonia!


Use camisinha, beba com moderação, não use drogas!

“Viver! E não ter a vergonha de ser feliz. Cantar e cantar e cantar a beleza de ser Um eterno aprendiz...”

Nenhum comentário: