Obras do IFF recebem visitas técnicas nesta terça-feira


O secretário de Obras, Nelson Patrício e o Coordenador Geral de Fiscalização, Seitiro Henrique Komatsu Damas, junto ao reitor do IFF regional Luiz Augusto Caldas e o diretor do departamento de Gestão de Projetos e de Implantação do IFF São João da Barra Valter Luis Fernandes Sales, visitaram as obras da Escola Técnica, onde será implantado o IFF, localizado na BR 356 para acertar os detalhes para a retomada das obras.

A visita aconteceu no fim da tarde desta terça-feira (15), a pedido do prefeito José Amaro de Souza (Neco) que determinou a retomada das obras. O secretário de Obras foi ao local saber do andamento dos processos, e a previsão é que já na próxima semana sejam reiniciados os trabalhos.

O objetivo é que no próximo ano, no mês de março, já esteja em funcionamento com o ano letivo. De acordo com o diretor Valter, as aulas começariam já com 400 alunos e 20 professores, em três turnos. Valter ainda disse que o IFF terá três blocos, sendo o primeiro administrativo, o segundo para salas de aulas e o terceiro com laboratórios. Os prédios ainda possuem rampas de acessibilidade, além de biblioteca, setor de exposição e mostra cultural, sala de computadores, salas administrativas, auditório e sala de vídeo conferência, e na área externa três quiosques para integração dos alunos.

Para o secretario de Obras Nelson Patrício este será um sonho se realizando. “Como muitas pessoas aqui de São João da Barra, eu também tive que buscar qualificação em outro município, e hoje há a oportunidade de se formar aqui em nossa cidade, com o IFF trazendo cursos técnicos. É um orgulho poder participar desta conquista que está muito próxima”, falou. 

Futuro IFF

O projeto prevê uma estrutura sustentável de geração de energia, no local, além da construção de um anexo em formato de galpão para oficinas de máquinas para utilização nos cursos técnicos, e essa construção seria com verba do governo federal.   
De acordo com o diretor a infraestrutura do local, permite realizar um curso de salvatagem no município, atendendo dessa forma um pedido do prefeito Neco. Mas, Valter diz que este é um projeto a se pensar para o futuro, após o projeto inicial ser concluído.