Paella Marinera


Muito legal participar durante 3 dias das aulas shows com os chefs Alessandro Eller e Gilson Surrage, coordenadores e professores do curso de Gastronomia da Universidade de Vila Velha-ES, momento de aprendizagem, interação profissional e possibilidade de contribuir de forma direta na elaboração e preparação de um cardápio, com elementos da culinária da Planície Goytacá! Compartilho a receita de uma das Paellas preparadas:

Paella Marinera
Ingredientes

2 kg de filé de bagre africano (pode ser outro peixe)
2 kg de camarão cinza sem casca
2 kg de camarão cinza inteiro
500 g de cabeça e espinha de peixe (para o caldo)
1 kg de cebola de cabeça
200 g de ervilhas frescas congelados
1 kg de tomates sem pele e sem sementes
200 g de pimentão amarelo sem peles e sem sementes
200 g de pimentão vermelho sem peles e sem sementes
200 g de pimentão verde sem peles e sem sementes
50 g de açafrão da terra
200 g de alho
2 kg de arroz parborizado
1 pimenta dedo de moça sem sementes, picada.
1 colher de chá de curry
1 colher de chá de páprica
1 colher de café de canela
Sal a gosto

Modo de preparo do caldo de peixe
Em uma panela coloque, 1,5 litros de água, 1 colher de açafrão, cabeça e espinhas de peixe.
Ferva por 30 min e coe.

Modo de preparo da Paella
Em uma paelleira doure a cebola picada no azeite de oliva, em seguida o alho em lâminas e deixe refogar bem (cuidado para não queimar o alho).
Adicione o peixe e refogue por 3 minutos.
Junte o tomate e o pimentão e aguarde mais 3 minutos.
Coloque o camarão descascado e as especiarias (páprica, açafrão, canela, pimenta dedo de moça e curry).
Coloque sal e um pouco mais de azeite (importante misturar bem todos os ingredientes para absorver o sabor das especiarias).
Acrescente o arroz, refogue por 3 minutos e adicione o caldo de peixe conforme necessário para o cozimento do arroz.
Tampe a panela, se não tiver uma tampa, use papel de alumínio para cobrir a paelleira e aguarde aproximadamente 15 minutos.
Quando o arroz estiver quase no ponto, regue a paella com azeite de oliva extra virgem e decore com os camarões com casca cozidos, os pimentões e ervilha fresca.
Tampe novamente, aguarde mais 3 minutos e salpica cheiro verde.

Case IH 8800 na 1ª AGROfamiliar (Feira e Mostra Tecnológica da Agropecuária e Pesca Familiar) de Campos dos Goytacazes


Fiquei impressionado com o porte da Case IH 8800, equipamento que será utilizado para a colheita mecanizada de cana-de-açúcar, pela COAGRO, nas próximas safras de cana-de-açúcar, na região Norte Fluminense.


Reflexão: mesmo com todo aparato tecnológico disponível, nossa cidade e região ainda figuram no cenário nacional e internacional como pólos de mão-de-obra escrava, principalmente naAs atividades relacionadas a colheita da cana-de-açúcar. São muitos trabalhadores, agora por eles chamados de colaboradores que desenvolvem suas atividades sem a utilização de EPI´s, utilizando alojamentos em condições sub-humanas... trabalhando em troco de alimentação... dentre outros....


Vamos torcer para que este equipamento seja utilizado para atenuar o trabalho escravo em nossa região... os boias-frias estão com seus dias contados.


Usinas e engenhos que moem canas e homens.... mulheres... crianças...


Ps – Imagem feita durante a 1ª AGROfamiliar (Feira e Mostra Tecnológica da Agropecuária e Pesca Familiar) de Campos dos Goytacazes

Vagas para cursos técnicos integrados PROEJA

IFF divulga edital para preenchimento de vagas remanescentes do Processo Seletivo 2012 para os cursos técnicos do Proeja, nos câmpus Centro, Guarus e Macaé.

O processo de acesso as 43 vagas remanescentes dos Cursos Técnicos Integrados à Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA) estará aberto aos candidatos que possuírem a conclusão do Ensino Fundamental e idade mínima de 18 anos. As vagas estão distribuídas entre os cursos de Eletrônica, Meio Ambiente e Eletrotécnia.

Para se inscrever, é preciso comparecer em um dos câmpus ofertantes, no período de 28 a 30 de março de 2012, das 14h às 20h, portando os documentos especificados no edital, tais como, documento de Conclusão do Ensino Fundamental (1º grau); cédula de identidade; foto de 3x4 atual; CPF; e comprovante de residência.

As vagas serão preenchidas obedecendo à ordem de inscrição dos candidatos. No caso de o número de inscritos exceder o número de vagas, em cada curso, nos respectivos câmpus, o procedimento a ser adotado consistirá em sorteio público.

O resultado final está previsto para o dia 03 de abril e as aulas iniciam no dia 12 de abril de 2012.

Aula show de Gastronomia com o Chef Alessandro Eller




































Ontem foi uma noite muito especial, na companhia das minhas amigas Anna Franthesca e da Neide Martini (Professora do SENAC e Culinarista), tivemos a oportunidade de participar de um momento fascinante da Gastronomia, a aula show com o Chef Alessandro Eller, que apresenta o programa “Sabor a Bordo”, da TV Tribuna-ES/SBT, dentro das atividades da 1ª AGROFamiliar Campos dos Goytacazes(Feira e Mostra Tecnológica da Agropecuária e Pesca Familiar), na Fundação Rural de Campos (Pecuária).

Foi um momento para trocas de informações gastronômicas e a degustação dos pratos preparados durante a aula: Filé de Frango ao Molho de Mostarda, Galinha Quilombola e finalizando uma preparação clássica da culinária espanhola, a Paella Marinera, com um toque especialmente capixaba, com destaque para a utilização de filés do bagre africano, um peixe exótico, inserido na rede hídrica da nossa região.

Destaco que a Neide Martini, foi agraciada com a primeira porção da Paella Marinera, preparada pelo Alessandro Eller e seu auxiliar, Gilson (professor de Gastronomia da Universidade de Vila Velha), como forma de homenagear os participantes da Aula Show!

Muito legal esta iniciativa da PMCG, através da Secretaria de Agricultura, de proporcionar de forma gratuita uma aula, onde os as preparações contavam com produtos produzidos em Campos.

Quem quiser participar, tem uma nova oportunidade nesta sexta(23) e sábado(24).

Estarei por lá antes das aulas, junto com a Anna Franthesca preparando os ingredientes que serão utilizados nas preparações durante a noite! Oportunidade de estar ao lado de um profissional destacado no cenário da gastronomia brasileira!

Vagas para trabalho no FPSO Cidade de Vitória

Coordenador de SMS - Código da vaga - IND-VIX-005-12

Formação - Engenharia de Segurança do Trabalho
Responsabilidades - Gerenciar todas as atividades integradas referentes à Segurança, Meio Ambiente e Saúde assegurando uma gestão eficaz, proporcionalmente inovação e melhoria a qualidade das normas
Requisitos - Especialização em Segurança do Trabalho, conhecimento em OHSAS 18001 e serie ISO, Solida experiência em gestão de SMS

Radio Operador- Código da vaga - IND-VIX-006-12
Formação - Ensino Médio
Responsabilidades - Ser responsável por toda a comunicação marítima via radio. ((Prover suporte ao OIM) Gerente de Instalação Offshore), em tarefas administrativas, sempre que requerido.
Requisitos - CBSP, HUET, GMDSS, ANATEL, CNS014, Inglês fluente, desejável experiência na função.
Regime - 14 x 14

Técnico de Instrumentação - Código da vaga - IND-VIX-007-12
Formação - Técnico em Instrumentação / Automação
Responsabilidades - Assegurar a manutenção e o reparo de instrumentos de embarcação.
Requisitos - CBSP, HUET, Espaço Confinado, Inglês, desejável experiência em embarcações FPSO.
Regime - 14 x 14

Marinheiro de Maquinas
Formação - Ensino Médio / Marítimo (STCW) - Código da vaga - IND-VIX-008-12
Responsabilidades - Garantir o pleno funcionamento, seguro e eficiente, de todos os equipamentos mecânicos da Sala de maquinas.
Requisitos: CBSP, HUET e Espaço Confinado.
Regime: 14 x 14


As indicações de profissionais deverão ser encaminhadas para (priscila.rosa@saipem.com).

Rema Campos é bronze na 1ª etapa do Estadual 2012



A equipe da Associação de Remo de Campos está em festa, e não é para menos: ela trouxe na bagagem mais uma medalha de bronze para o remo da nossa cidade. Desta vez, disputando a categoria Four Skiff Estreante Feminino, na 1ª Regata do Campeonato Estadual 2012 que aconteceu neste último domingo, 18, no Estádio de Remo da Lagoa Rodrigo de Freitas.

As atletas Angela Lima, Deusiane Passos, Juliana Neres e Mõnica Ribeiro, conquistaram o 3º lugar na competição, dividindo o pódio com o Clube de Regatas do Flamengo e Vasco da Gama, respectivamente.

Os meninos também comemoraram o 4º lugar de uma prova disputadíssima, o Four Skiff Junior A, prometendo um resultado ainda melhor na próxima etapa da competição, que acontecerá no dia 23 de abril. Duas provas que também seriam disputadas pelos atletas da ARC foram adiadas, uma vez que atletas de outras equipes estariam ainda no Centro de Treinamento da Seleção Brasileira de Remo, realizando testes.

Além dos ótimos resultados nesta 1ª Regata do Campeonato, a Associação de Remo de Campos comemora no próximo mês seu 8º aniversário e promete uma surpresa à cidade de Campos, durante os festejos. Segundo o presidente da Associação, Dimisson Nogueira, “nossos atletas têm todo potencial para garantir mais medalhas para a nossa cidade, e com o apoio de parceiros como a PCE Engenharia, a Vital Engenharia e a COAGRO, que apóiam os nossos atletas e valorizam o potencial das jovens promessas do remo para as Olimpíadas de 2016, esse número só tende a aumentar”.


Vale lembrar que na contagem geral dos pontos para essa 1ª Regata do Estadual 2012, a Associação de Remo ficou em 5º lugar, prometendo mais pódios nas próximas regatas. Seguindo a programação do calendário campista de remo, convidamos a todos a prestigiar no próximo dia 25, domingo, a partir das 9h, a Regata em comemoração do aniversário da ARC!

FOTOS/MATÉRIA: Karina Marques - ANNFR

Atletas do Rema Campos de malas prontas para a 1ª Regata do Estadual 2012



Tudo pronto para o início do Campeonato Estadual de Remo 2012. No próximo domingo, dia 18 de março, as equipes se enfrentarão nas águas da Lagoa Rodrigo de Freitas, durante a 1ª Regata. Os clubes já receberam a programação das provas e as raias já foram definidas. A Associação de Remo de Campos tem pela frente a disputa pelo pódio com as equipes do CR do Flamengo, Botafogo e Vasco da Gama. Disputando 4 provas, e contando ainda com 02 atletas provenientes da parceria com o PETI-Campos, a equipe da Associação de Remo de Campos promete trazer medalhas para a nossa cidade, com os atletas disputando nas seguintes categorias:
Double Junior B - Masculino
Felipe Warley Ribeiro Leite
Inguerson de Souza Silva

Skiff Junior B - Feminino
Fernanda Serafim

Four Skiff Estreante – Feminino
Angela Lima da Silva
Deusiane Passos de Oliveira
Juliana Neres Teixeira
Mônica Ribeiro de Souza

Four Skiff Junior A - Masculino
Danilo Inacio Biazini
Marcelo Junior Mendes de Oliveira
Guilherme Manhães Braga Rangel
Withines de Souza Silva

“O esporte vai além das disputas nos estádios; é uma conquista diária que envolve rotina, esforço e dedicação. Confiamos no trabalho realizado em nossa Associação de Remo e acreditamos que a nossa cidade estará bem representada em mais uma edição do Campeonato Carioca de Remo 2012. Com a construção do Centro de Treinamento de Remo em nossa cidade nossos atletas conquistarão títulos importantes nas Olimpíadas de 2016”, ressalta o Presidente da ANNFR, Dimisson Nogueira.
Fotos/Matéria: Karina Marques – ANNFR

Novas expropriações no 5º distrito/Açu-SJB



Aqui está tudo que sobrou de décadas de trabalho na roça do Seu Totonho\5º distrito/Açu. 13/03/2012.


No ano passado em um trabalho de campo no 5º distrito/Açu-SJB, com a uma turma de alunos da UFF de Campos, fomos recebidas pelo Sr. Totonho, pequeno agricultor, que tem no seu pedaço de terra, a sua vida, a sua história e de sua família, o seu ganha pão e o seu maior orgulho, que é de ter herdado de seus pais a habilidade de cuidar e cultivar aquela área.
E ontem, quando ele acorda e caminha para molhar o seu plantio, como fazia todas as manhãs, ele é impedido pela PM de se aproximar da sua roça. Então ele diz: eu nunca recebi nada do Estado, mas hoje acabei recebendo sim, mas foi a polícia.
É muito difícil para nós que temos acompanhado estes agricultores, não só na sua luta para se manterem com dignidade em suas terras - que o Estado/Sergio Cabral e o Eike Batista (Complexo Portuário do Açu),insistem em expropriar - mas também na lida do dia a dia, plantando, colhendo, comercializando seus produtos, distribuindo com seus vizinhos e com os visitantes, acompanhar aquelas máquinas monstruosas, destruindo plantações, tombando árvores que levaram décadas para crescerem e claro, tentando destruir a história daquela gente . Foi duro, muito duro...
Estou falando do seu Totonho, mas poderia está falando de tantos outros, como a Dona Rute, da dona Maura, do Seu Jair, do Juarez, que teve que sair algemado e levado preso, imagina o significado dessa violência para um trabalhador?
Às vezes, ficamos tão indignados com o que passa na tv, mas não nos damos conta, que ao nosso lado, tem homens, mulheres, crianças, idosos, todos trabalhadores, que estão tendo todos os seus direitos cruelmente, violados


Recebido através de e-mail enviado pela Professora Ana Maria-UFF Pólo de Campos dos Goytacazes.