Culinária é uma atração à parte na Feira dos Povos de Campos

A cultura de um povo também é conhecida por seu paladar e na 1a Feira dos Povos de Campos a culinária não poderia ficar de fora. Dezesseis tendas com comidas típicas de diversas nacionalidades foram montadas e abriram o apetite do público presente.

Do calulu angolano ao cantão, um ensopado de banana verde, oferecido pelo coletivo de mulheres quilombolas Dandaras do ABC, as pessoas puderam degustar sabores de diferentes origens. "O cantão fez sucesso, mas também trouxemos broa de erva doce, bolo de abóbora e sucos naturais. A feira está de parabéns, tudo está um sucesso", disse Erica Martins, representante da Dandaras do ABC que compõem as comunidades de Aleluia, Batatal e Cambuçá, na região do Imbé. Além das Dandaras, os coletivos "As Marias da Baixada" e "Mulheres do Campo Raízes da terra de Fazendinha" também participaram do evento.

A comerciante Valeria da Silva foi uma das pessoas que aproveitou as delícias. "Tudo está muito saboroso. A organização está de parabéns", disse.
Outros pratos que fizeram sucesso foram o acarajé  da Bahia, as massas italianas, as culinárias  chinesa, japonesa, libanesa e etc.

Os visitantes também contaram com um aulão do chef Fabiano Sepé, que ensinou a receita de paella, comida típica  espanhola, e da galinhada com feijão  guandu, prato conhecido  da Baixada Campista.

A expositora Elisângela Matos levou o tempero pernambucano de suas tapiocas recheadas para a feira e aproveitou a aninação do evento para comemorar seu aniversário. "Estou muito feliz e não  poderia ter melhor maneira de comemorar meu aniversário. Campos precisava de um evento cono esse há  muito tempo", disse.


VII Fórum Nacional de Formação Acadêmica e Atuação Profissional do Cientista de Alimentos (Focal)

Que imagem! Ontem ao ministrar a oficina, num determinado momento optei pela participação coletiva dos estudantes de Ciência de Alimentos de diversos Estados Brasileiros, foi uma experiência fascinante, ali pude ver na prática o real sentido da palavra UBUNTU! Bem proximo as réplicas das pirâmides do Egito, não tinha como não ser diferente e vivenciar sentimentos de solidariedade, compartilhamento e boas energias! Foi lindo!

VII Fórum Nacional de Formação Acadêmica e Atuação Profissional do Cientista de Alimentos (Focal)

A Concha Acústica do Sesc Mineiro de Grussaí recebeu, na tarde dessa terça-feira (24), o primeiro evento do VII Fórum Nacional de Formação Acadêmica e Atuação Profissional do Cientista de Alimentos (Focal) – a oficina “A cozinha dos quilombos de Campos dos Goytacazes: sabores, territórios e memórias”, ministrada pelos chefs Fabiano Seixas e Maxwel Gonçalves.
Para Fabiano, o lugar não poderia ter sido mais bem escolhido para falar sobre a África, já que a ornamentação próxima à Concha conta com pirâmides e até uma “esfinge”, símbolos de uma região daquele continente. O chef iniciou a oficina apresentando as receitas escolhidas para a ocasião. “Cantão”, prato tradicional do quilombo d

e Conceição do Imbé; e galinha caipira com feijão Guandu, típica de Campos dos Goytacazes, foram preparadas com o auxílio de todos os participantes, que se reuniram ao redor da mesa para aprenderem não apenas as técnicas, mas também os aspectos históricos relacionados aos alimentos.
A proposta da oficina era incluir os participantes no processo de preparo da receita. Eles se revezaram entre a adição de ingredientes, mistura e prova do produto final, que ao término da aula pôde ser apreciado pelo grupo. O resultado foi a satisfação de todos, a começar pelo chef Fabiano Seixas. “Estamos muito felizes por esse momento brilhante, quando pudemos compartilhar um pouco de nossos sabores e saberes. Campos (dos Goytacazes) e São João da Barra se sentem honrados com a presença de vocês em um espaço tão belo. Que essa estadia seja muito rica pra vocês”, desejou, incentivando todos a conhecerem mais profundamente a história da região e, em especial, dos quatro quilombos locais certificados pela Fundação Cultural Palmares.
Projeto – A oficina é uma das ações do projeto Cores, Sabores e Valores, que objetiva conhecer aspectos históricos e culturais da alimentação no Brasil, reconhecer e divulgar a herança dos negros na cozinha brasileira de hoje e a importância dos hábitos alimentares na formação da identidade cultural do nosso povo.
Mais informações sobre o projeto, bem como as receitas desenvolvidas na oficina podem ser obtidas no site do projeto.

Fórum Nacional de Formação Acadêmica e Atuação Profissional do Cientista de Alimentos (FOCAL) e III Simpósio Nacional em Ciência e Tecnologia de Alimentos

Ubuntu!
Participação no 
Fórum Nacional de Formação Acadêmica e Atuação Profissional do Cientista de Alimentos (FOCAL) e III Simpósio Nacional em Ciência e Tecnologia de Alimentos, com a ministração de uma Oficina de Culinária Regional! Preparação de Cantão (Culinária Quilombola ) e Galinhada Caipira com Feijão Guandu ( Culinária Típica de Campos dos Goytacazes).

Personal Chef

Amiguinhos e amiguinhas, preparei um cardápio especialmente voltado para eventos e confraternizações!
Estou com algumas datas disponíveis! Tudo pensado e feito com muito carinho! Posso garantir, vai ficar gostoso pra caramba!
Como funciona? Você escolhe as preparações que tem interesse (carne, peixe, frango, massas, molhos e sobremesas), e o número de pessoas a serem atendidas, forma de serviço(empratamento, rechauds, talheres, pratos, toalhas, etc), assim como prazo de entrega ou data para preparação no local combinado (home chef, personal chef), com base mas informações, elaboramos o orçamento.
PREPARAÇÕES PROPOSTAS
1. Iscas de Filet Mignon ao Molho Madeira
Arroz à piamontese
Batata dauphinoise
2. Peito de Frango Grelhado recheado com espinafre e mussarela
Arroz sete grãos
Legumes grelhados na manteiga (brócolis, cenoura e couve flor)
3. Salmão Grelhado com molho holandês
Arroz Integral com brócolis
Batata rústica com azeite, alecrim e tomilho
SALADAS
Caprese [manjericão, mussarela de búfala e tomate].
Grega [legumes grelhados (berinjela, abobrinha, pimentões coloridos (amarelo, verde e vermelho cortado em cubos), salsinha, queijo Minas, orégano e azeite].
Waldorf [maçã verde, aipo/salsão, alface, nozes, passas, creme de leite].
Marroquina [cuscuz marroquino, peito de frango desfiado, pimentões coloridos (amarelo, verde e vermelho, cortados em bronoise ), uvas passas e azeite].
Massas – preferencialmente massas italianas a base de grão duro
- Penne
- Fusilli
- Talharim
- Espaguete
Molhos
- Pomodoro (azeite, manjericão e molho de tomate,)
- Quatro queijos (molho branco, catupiry, gorgonzola, mussarela e parmesão)
- Carbonara (bacon, creme de leite, parmesão e ovos)
- Parisiense (molho branco, parmesão, ervilhas e presunto)
Sobremesas: Duo de Brownie com Quindim e Petit Gateau com sorvete de creme.