Workshop de Cozinha Árabe

Imagens do Workshop de Cozinha Árabe, realizado no SENAC-RJ, Unidade Campos dos Goytacazes-RJ, nos dias 24 e 25/02/2011.

Prouni: Inscrições para segunda etapa serão encerradas nesta quinta-feira, 24

Serão encerradas nesta quinta-feira, 24, as inscrições da segunda etapa deste primeiro semestre do Programa Universidade para Todos (ProUni). Criado em 2004, pelo Ministério da Educação, o programa oferece, a estudantes de baixa renda, bolsas de estudos integrais e parciais (50% do valor da mensalidade) em instituições particulares de educação superior.

Os inscritos não pré-selecionados na primeira etapa e os pré-selecionados para cursos que não tiveram formação de turma podem se candidatar novamente. Aqueles que não se inscreveram na primeira etapa também têm nova oportunidade. O candidato, ao se inscrever, pode fazer até três opções de curso e de instituição.

Para concorrer às bolsas, o estudante deve ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010, atingido no mínimo 400 pontos na média das cinco notas do exame (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e a redação) e ter nota na redação que não tenha sido zero.

Podem se candidatar às bolsas integrais estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais, de metade da mensalidade, são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Além de ter feito o Enem e alcançado a pontuação mínima, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou, na condição de bolsista integral, em escola particular.

Professores da rede pública de ensino básico que concorrem a bolsas em cursos de licenciatura, normal superior ou de pedagogia não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola.

As inscrições devem ser feitas na página eletrônica do programa. O candidato deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem e o CPF. Os pré-selecionados que obtiveram a bolsa na primeira etapa estão impedidos de fazer inscrição.

A primeira chamada dos pré-selecionados nesta segunda etapa será divulgada no domingo, 27. A comprovação dos documentos exigidos para a matrícula deve ser feita até 4 de março. Caso haja bolsas disponíveis após esse prazo, será feita outra chamada, em 13 de março, conforme o cronograma.

Assessoria de Comunicação Social/MEC

Senac Campos oferece Workshop de cozinha Árabe


Na imagem: Ponta de paleta de cordeiro com trigo grosso e grão de bico.


Receitas ricas em grãos, nozes, carnes, azeites e especiarias, onde fartura e sabor são características essenciais em seus pratos. A culinária árabe está muito além das conhecidas esfihas e quibes crus, com uma enorme variedade de pratos que se adaptam a diversas ocasiões e um universo de ...temperos que fazem toda diferença na hora da preparação dos seus deliciosos pratos.

Nos dias 24 e 25 de Fevereiro, o Senac RJ, Unidade Campos dos Goytacazes oferece o Workshop de Cozinha Árabe com o docente de gastronomia Marcelo Celestino. Com 23 anos de carreira, já foi cozinheiro do Buffet Libanês do Caesar park, Sous chef do restautante café, atuou como Chef de Cozinha do Restaurante Rancho Inn, sous chef no hotel Golden Park e Chef no Restaurante Senac Bistrô. O evento tem duração de 6 horas, divididos em dois encontros de 3 horas.

Mais informações:
Senac Campos
Rua Cora de Alvarenga, 151
Parque Leopoldina - Campos dos Goytacazes - RJ - CEP 28050-340
Tel.: (22) 2739-6000 Fax: (22) 2732-6939
Valor do investimento/Workshop : R$ 130,00 (cento e trinta reais)

Última semana para adesão a Missão Empresarial a China e Hong Kong

O Pizelli Advogados e Associados, fecha esta semana os nomes dos empresários que vão integrar a missão empresarial a China e Hong Kong, em abril. Em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Campos, o escritório está organizando a segunda missão empresarial a Feira de Cantão, na China e a outras três feiras em Hong Kong. A feira de Cantão é a maior feira de negócios do mundo e acontece há mais de 50 anos em duas edições anuais, na China.

Este ano, o Pizelli ofecere oportunidade de viagem na primeira fase da feira, que terá expostos máquinas e equipamentos pesados, pequenos maquinários, bicicletas, motos, auto-peças, produtos químicos, hardware, ferramentas, veículos (Outdoor), máquinas para construção (Outdoor), eletrodomésticos, eletrônicos e produtos elétricos, computadores e produtos de comunicação, equipamentos de iluminação, materiais de construção e decoração, artigos sanitários e para banheiro e pavilhão internacional para expositores não chineses.

Antes de chegarem a China, os empresários participarão da feira da feira Global Source, em Hong Kong. Na volta ao Brasil eles terão participação em duas feiras, também em Hong Kong, uma de artigos para casa e outra de produtos texteis.

O objetivo do Pizelli é fomentar as importações na região, principalmente de produtos chineses, visando principalmente os benefícios comerciais que serão gerados pelo super porto do Açu, que está sendo construído no município de São João da Barra e que deve entrar em operação no próximo ano.

Empresários interessados em integrar a missão Pizelli devem entrar em contato com o escritório através do telefone 2723-1173 ou através do site www.pizelli.com.br, onde é possível obter informações e se corresponder com as pessoas responsáveis pela missão.

Técnicos do Estado apresentarão projeto do Corredor Logístico logo após o Carnaval

O subsecretário de Estado de Urbanismo, Vicente Loureiro, anunciou ontem que após o Carnaval o Estado terá concluído o projeto do Corredor Logístico, que ligará o ramal ferroviário do Espírito Santo e a BR-101 ao Super Porto do Açu e ao Distrito Industrial. Loureiro lamentou ao afirmar que haverá desapropriações para a construção, que inclui um ramal ferroviário, rodovia, três linhas de transmissão de energia, gasoduto e oleoduto.

Eu reunião na Câmara de São João da Barra, o subsecretário lembrou que o Estado constituiu um comitê para avaliar as consequências dos investimentos em São João da Barra, destacando que a administração municipal tem encaminhado solicitações no sentido de reduzir os impactos sociais. Loureiro adiantou ainda, que o projeto final levará em consideração a possibilidade de “contornar” o máximo de propriedades, especialmente no que diz respeito às linhas de transmissão, mas deixou claro que o traçado da ferrovia, por razões técnicas, não poderá ser sinuoso.

- A ferrovia tem um projeto mais rígido porque não poderão existir muitas curvas e nem elevações no percurso, mas estamos fazendo o máximo para que as linhas de transmissão contornem as propriedades. É possível cultivar e manter pastagens sob as linhas de transmissão. Só não pode haver moradia ou outras edificações, ressaltou.

A previsão do subsecretário é que logo após o Carnaval o projeto esteja concluído, constando dele um mapa detalhado mostrando por onde o Corredor Logístico passará. Além disso, o Estado está fazendo o levantamento das propriedades atingidas, mapeando todas as que são produtivas, o tipo de produção e quantas pessoas serão atingidas.

Loureiro adiantou ainda, que no caso das desapropriações, os critérios serão os mesmos das propriedades inclusas na área destinada ao Distrito Industrial: “eu seria hipócrita se não dissesse isso, mas estamos tomando todo o cuidado possível para que os impactos sejam os menores. Porém, haverá quem não esteja satisfeito, quem discorde. Nesse caso as pessoas terão o auxílio da Justiça para pedir a reavaliação de suas terras”, falou, lembrando que na área do Distrito Industrial, muitos proprietários já estão recebendo os valores propostos pela Codin.

- Nós sabemos que há o pequeno, o médio e o grande produtor, mas também há uma parte considerável que é improdutiva. É preciso que isso fique bem claro, que isso seja dito, se não estaremos sendo injustos. No caso dos que produzem, a maioria possui até 10 hectares e será reassentada e o modelo de reassentamento prevê assistência técnica, apoio – porque será necessário preparar a terra, e até que a produção retome, o agricultor terá o apoio financeiro necessário ao sustento de sua família, lembrou.

Segundo o subsecretário, vários proprietários que estão na área do Distrito Industrial já estão recebendo as indenizações com base na avaliação feita pelo governo estadual por meio da Codin – Companhia Estadual de Desenvolvimento Industrial. Ele reconheceu a importância da tradição agrícola para São João da Barra, mas afirmou que “após anos de abandono, de esvaziamento econômico, o Estado do Rio está encontrando novas vocações e essas oportunidades não podem ser perdidas, sob pena de as gerações futuras enfrentarem outros problemas por falta de investimentos e planejamento”.

Também participaram da reunião, além de Vicente Loureiro, o subsecretário de Estado de Transportes, Sebastião Rodrigues Neto, a presidente da Codin – Companhia Estadual de Desenvolvimento Industrial, Conceição Ribeiro e os secretários municipais, Victor Aquino, de Planejamento, Antônio Neves, Educação, João Batista Filho, Pesca e Osvaldo Barreto, Agricultura, além dos nove vereadores.
Fonte: SECOM/SJB

I Conferência Local de Controle Social: Controle Social de Governos Locais – passado e presente

1ª etapa: 24/02, 5ªf, 17:00, no Clube União dos Operários (Centro de SJB)

promoção: Comitê Implantador do Movimento Nossa São João da Barra
apoio: UENF, MNC e OCSP.

coordenação: Alcimar Chagas (LEPROD-CCT/UENF) e Hamilton Garcia (Coordenador de Extensão-CCH/UENF).

palestrantes: Alcimar Chagas (Economista LEPROD/UENF) Hamilton Garcia (Coordenador de Extensão-CCH/UENF)

expositores: Rossana Florencio (Secretária Executiva do MNC), Aurélio Lorenz (Diretor Geral do OCSP), Lucas Zullo (bolsista PROEX/UENF), Fabiano de Paula (bolsista PROEX/UENF), Sabrina Fernandes (bolsista PROEX/UENF) e Carina Oliveira (bolsista PIBIC-CNPq/UENF).

Convite do Movimento Nossa São João da Barra

São João da Barra, 09 de fevereiro de 2011.
Prezado amigo,

Interessados em uma discussão mais qualificada sobre os problemas de nossa terra, em especial neste momento onde a implantação do Complexo do Açu gera grandes expectativas e também muitas apreensões em relação ao crescimento desordenado da cidade, resolvemos atender ao chamado de dois projetos de extensão da UENF, o Capacitar do Prof. Alcimar Chagas e o Controle Social de Governos do Prof. Hamilton Garcia, para impulsionar a organização social independente na cidade.
Com o propósito de conhecer a experiência do projeto de controle social, que deu como frutos o Movimento Nossa Campos e o Observatório de Controle do Setor Público, respectivamente, interessados em melhorar as políticas públicas e acompanhar o processo licitatório-orçamentário no município, temos o prazer de convidá-lo para a I Conferência Local de Controle Social no dia 24 de fevereiro de 2011, as 17:00 no auditório do Clube União dos Operários no centro de São João da Barra.
Na ocasião, teremos a oportunidade de conhecer novas experiências de organização social (movimentos em rede) e discutir a possibilidade de implantar um movimento dessa natureza em São João da Barra (vide programação anexa).
A sua presença é muito importante, venha participar desse esforço que poderá mudar os rumos de nossa cidade.
Um forte abraço,
Comitê Implantador do Movimento Nossa São João da Barra

Campus Campos Centro do IF Fluminense constrói prédio para oferecer mais vagas




O campus do Instituto Federal Fluminense (IFF), no Centro de Campos dos Goytacazes, vai ganhar um novo prédio ampliando a oferta de salas de aula e laboratórios. Quando estiver pronto, possivelmente ainda este ano, ele oferecerá o serviço de bandejão para os cerca de oito mil alunos. Na fase atual da obra, iniciada há poucos dias, está em andamento a demolição da quadra de esportes situada ao lado do Bloco D.

De acordo com o diretor de infraestrutura do campus, José Luiz Boynard, as fundações do Bloco G começarão a ser trabalhadas em um mês. O prédio, estruturado inicialmente em quatro pavimentos, também possibilitará a ampliação da Biblioteca Anton Dakitsch. Ela ganhará mais 150 metros quadrados.

No térreo do bloco funcionará a estrutura de cozinha e padaria escola responsáveis pela alimentação a ser oferecida no bandejão, cujo refeitório terá capacidade para 352 pessoas. No primeiro pavimento ficará a estrutura da biblioteca, composta de sala para leitura com 24 mesas de quatro lugares cada, seis módulos para estudos, sala de estudo em grupo, com 18 mesas de quatro lugares, e o Espaço Professor Anton Dakitsch.

No segundo pavimento funcionarão laboratórios, entre outras áreas, de eletrotécnica, química, metrologia e física. Banheiros, um auditório para 49 lugares e um mini-auditório com 24 lugares. Nos demais pavimentos, salas de aula.


O muro que guarnecia o tradicional Ginásio de Esportes do IFF Centro vai ser substituído por grades metálicas. A Reurbanização do chamado Perímetro Sul vai oferecer mais segurança para estudantes e pedestres, já que o entorno do ginásio ganhará uma nova portaria, iluminação e sistema de câmeras.

- A ordem de serviço para início das obras foi expedida em 02 de fevereiro recente e o ritmo dos trabalhos tem sido bastante promissor desde então, aumentando a expectativa de que as melhorias projetadas possam em breve estarem ao alcance de nossa comunidade – explica Boynard.

Fotos: Obras do Bloco G - Weliton Barbosa / obras no Perímetro Sul (Ginásio) - Leandro Vicente

Movimento das Palavras: Lançamento da segunda edição do livreto de poesias do MENF


Lançamento da segunda edição do livreto Movimento das Palavras contará com uma série de atividades culturais que será iniciada no dia 24 de Fevereiro com apresentação da peça Domesticados, apresentação musical, sarau de poesia e pintura ao vivo.

Local: Esquina MPBar
Inicio: as 21h

Fonte Blog do MENF

Curso de Prosperidade


Psicóloga e Máster em Neurolinguística, Luciane Mina comanda o curso


Começo de ano é hora de se preparar para os novos desafios e não há quem não queira prosperidade, mas para obtê-la é importante que o indivíduo e programe. A L M Recursos Humanos promove nesta quinta-feira (10/02) um curso direcionado a busca da prosperidade em 2011.

Mais um ano se inicia, vem coberto de muita expectativa e bons presságios para as mentes preparadas. Em 2010 ouvi muito sobre a importância de levar as pessoas e equipes a se comprometerem com os processos desenvolvidos, contudo os líderes tem necessidade de mais, porém não sabem como despertar esta força nos indivíduos. Sempre penso que a consciência de prosperidade foi e tem sido um marco na minha caminhada, ao impulsionar o olhar a realidade com maior empenho e ação incentivando resultados positivos”, esse é o pensamento da psicóloga Luciane Mina, idealizadora do curso.

“A consciência de prosperidade vem nos convidar a observar nossos processos em direção as conquistas sonhadas, sejam no campo profissional, familiar, financeiro, emocional ou espiritual. Este olhar oportuniza acesso a possibilidade e recursos adormecidos, levando a agir para alcançar a harmonia agora”, finaliza Luciane.

O curso acontece no Espaço Damaru, informações pelos telefones (22) 3052 4049 e (22) 98767015.

Fonte: URURAU

Importações e exportações direto de Campos

Uma empresa especializada em importações e exportações está em Campos e já começou a concretizar pedidos de importações dos mais variados protudos e até exportações para países europeus, asiáticos e da América Latina. Depois da primeira missão à China em outubro do ano passado, organizada pelo escritório Pizelli Advogados & Associados, surgiu a necesidade de atender a demanda dos empresários da região interessados em importar e também em exportar produtos. E para atender esse mercado, Salatiel e Júlio Pizelli buscaram como parceiro o experiente importador e exportador japonês Keniche Gibo, que atua em São Paulo e no Paraná, mas estava em busca de novos mercados e aceitou o desafio de se instalar em Campos, com a primeira empresa especializada em importações e exportações da região.
Com isso Keniche Gibo, começou a atuar atendendo empresários de Campos e região neste mês de fevereiro. A expectativa é de que os primeiros containers com produtos da China comecem a chegar aos portos de Vitória e Rio de Janeiro em 60 dias, com destino a Campos. A expectativa é de que assim que o Superporto do Açú entre em funcionamento as cargas intermediadas chegem ao Brasil pelo porto da região.
Nos primeiros dias de atendimento aos clientes Keniche Gibo intermediou a compra de seis containers, de produtos variados, desde peças e equipamentos de refrigeração, até a importação de carros utilitários de alto padrão que devem começar a circular por Campos e região em no máximo 90 dias.
— Nossa intenção é ampliar os horizontes em Campos. Os empresários precisam se atualizar. Essa prática, de importar produtos e máquinas é comum nos grandes centros, mas aqui é novidade e precisa deixar de ser. Importar é uma coisa fácil quando se pode contar com pessoas preparadas e nós agora podemos contar com esse serviço e de ótima qualidade —, disse Salatiel Pizelli.
Já Julio Pizelli chama a atenção para a necessidade de oferecer aos clientes um serviço de qualidade sem que o escritório precisasse sair de seu foco de atuação, que é a advocacia. “Nossa intenção é os nossos clientes sejam bem atendidos, mas nós não poderíamos nos envolver diretamente com isso, somos advogados e não importadores, por isso resolvemos procurar uma pessoa com ótimas referências e competência para mantermos nosso padrão de atendimento”, finalizou Julio.
Fonte: ASCOM/Pizelli

Só por Hoje: Adversidades

“´Nós nos sentíamos diferentes (...) Somente após a rendição, começamos a superar a alienação da adicção”.

Texto Básico, p. 23

“Mas vocês não entendem!” – explodíamos, tentando nos justificar. “Sou diferente! È realmente muito difícil para mim!” Usávamos estas frases repetidamente em nossa adicção ativa, tentando fugir das conseqüências de nossas ações ou evitando seguir as regras que valiam para todos os outros. Podemos ter gritado coisas desse tipo em nossa primeira reunião. Podemos ter nos percebido choramingando essas frases recentemente.
Tantos de nós se sentem diferentes ou únicos. Como adictos, podemos usar praticamente qualquer coisa para nos alienar. Mas não há desculpa para deixar de aproveitar a recuperação, nada pode nos tornar inadequados para o programa – nem doença fatal, nem pobreza, nada. Há milhares de adictos que encontraram a recuperação apesar das adversidades reais que enfrentaram. Através da prática do programa, sua consciência espiritual cresceu, apesar ou talvez em função dessas adversidades.
Nossas particularidades e diferenças são irrelevantes quando se trata de recuperação. Abrindo mão de nossas particularidades e nos rendendo a esta maneira simples de viver, certamente perceberemos que nos sentimos parte de alguma coisa. E nos sentir parte de alguma coisa nos dá a força para caminhar pela vida, com adversidades e tudo mais.

Só por hoje: Eu abrirei mão de minhas particularidades e seguirei os princípios de recuperação que tenho em comum com tantos outros. Minhas adversidades não me excluem da recuperação; elas me conduzem a ela.

Só Por Hoje: Confiança

“Só por hoje terei fé em alguém de NA, que acredita em mim e quer ajudar na minha recuperação”.

Texto básico, p. 101

Aprender a confiar é uma proposta arriscada. Nossa experiência no passado como adictos na ativa nos ensinou que nossas companhias não eram confiáveis. Acima de tudo não podíamos confiar em nós mesmos.
Agora que estamos em recuperação, a confiança é essencial.
Precisamos de algo a que nos apegar, em que acreditar e que nos dê esperança em nossa recuperação. Para alguns de nós a primeira coisa em que podemos confiar são as palavras de outros membros de partilhando nas reuniões; sentimos a verdade de suas palavras.
Quando encontramos alguém em quem podemos confiar, fica mais fácil pedir ajuda. Quando passamos a confiar em sua recuperação, aprendemos a confiar na nossa.

Só por hoje: Eu decidirei confiar em alguém. Agirei nesta confiança.

Só Por Hoje: O Primeiro Passo – um passo de ação (29/01)

“Compreendemos que não temos nenhum controle real sobre as drogas?”

Texto Básico, p.20

A princípio muitos de nós pensaram que o Primeiro Passo não requeria ação – bastava nos rendermos e ir para o Segundo Passo. Mas o Passo Um requer ação, sim!
A ação que tomamos no Primeiro Passo ficará evidente na maneira como vivemos, desde nosso primeiro dia limpo. Se acreditamos sinceramente que somos impotentes perante nossa adicção, não escolheremos ficar perto das drogas. Continuar a viver ou nos associarmos com adictos na ativa pode indicar uma restrição a nosso programa. Uma crença absoluta em que o Primeiro Passo diz respeito a nós irá assegurar que limpamos nossa casa de todas as drogas e objetos relacionados ao uso delas;
Com o passar do tempo, não somente continuaremos com as ações básicas, mas acrescentaremos novas ações a nosso repertório do Primeiro Passo. Aprenderemos a sentir nossos sentimentos em vez de tentar controlá-los. Deixaremos de tentar ser nossos próprios e únicos guias de nossa recuperação; o apadrinhamento de si mesmo cessará. Começamos a procurar mais e mais satisfação espiritual em um Poder maior do que nós em vez de tentar preencher aquele vazio com outra coisa qualquer.
Rendição é apenas o começo. Um vez rendidos, precisamos aprender a viver na paz que encontramos.

Só por hoje: Eu realizarei todas as ações necessárias à prática do Primeiro Passo. Acredito, sinceramente, que isso diz respeito a mim.

Só por hoje – Um Adicto todos os dias. (28/01)

“Nunca poderemos nos recuperar completamente, não importa há quanto tempo estejamos limpos.”

Texto Básico, p. 91


Após um pequeno tempo de permanência no programa, alguns de nós começam a pensar que estão curados. Aprendermos tudo que NA tem a nos ensinar; ficamos entediados com as reuniões; e nosso padrinho continua a nos repetir o mesmo e velho refrão:? “Os passos – os passos – os passos!”. Decidimos que é tempo de dar continuidade a nossas vidas, parar com as reuniões e tentar recuperar os anos perdidos com a adicção ativa. Fazemos isso, no entanto, colocando em perigo nossa recuperação.
Aqueles de nós que recaem, depois de tal episódio, quase sempre tentam comparecer ao maior número de reuniões que puderem – alguns de nós vão a uma reunião todos os dias, durante vários anos. Pode levar bastante tempo para compreender que sempre seremos adictos. Podemos nos sentir bem por alguns dias e doentes em outros, mas somos adictos todos os dias. A qualquer hora, estamos sujeito à ilusão, negação, racionalização, justificação, insanidade – todas as características típicas da maneira de pensar do adicto. Se queremos continuar vivendo e desfrutando a vida sem drogas, temos que praticar um programa ativo de recuperação a cada dia.

Só por hoje: Eu sou um adicto todos os dias, mas hoje osso escolher ser um adicto em recuperação. Farei esta escolha, colocando em prática meu programa.

Grupos disputam compra por terrenos no Parque Alphaville

Fonte segura informa existe uma disputa travada entre empresários mineiros e americanos na disputa por um grande número de terrenos do Parque Alphaville em Campos dos Goytacazes!
Briga de gente grande interessada no corredor logístico próximo a Estrada do Ceramista!
Vamos acompanhar o desenrolar desta história!

Curso Técnico INTEGRADO em Pesca ou Aquicultura a distância no IFF Campus Campos Centro

O Instituto Federal do Paraná (IFPR), em parceria com o Núcleo Sudeste 01, localizado em Campos dos Goytacazes-RJ no campus Campos Centro do IF Fluminense, oferece vagas limitadas para os interessados em realizar seu Curso Técnico INTEGRADO em Pesca ou Aquicultura a distância.

Você precisa dos seguintes documentos : ( RG, CPF, Certidão de Nascimento ou de Casamento, Carteira de trabalho, Certificado de conclusão de curso, Endereço completo ( cidade, rua, bairro, cep), telefones para contato)

Tais documentos deverão ser entregues até o dia 14/02/2011 (sala 106 Bloco F – campus Campos Centro – IFF – Rua Dr. Siqueira 273, Parque Dom Bosco – Campos dos Goytacazes-RJ) ou encaminhados para o email prof.edinalda@yahoo.com.br.

Para maiores e melhores informações consulte o Portal da Pesca em (www.pesca.iff.edu.br)


Coordenação dos Cursos Técnicos Integrados de Pesca e de Aquicultura – Modalidade EaD