Inscrições para cursos onshore e offshore até dia 24

As inscrições para os cursos de Taifeiro, Homem de Área, Montador de Andaime, Movimentação de Cargas, Operador de Empilhadeira e Operador de Guindaste seguem até o próximo dia 24. A informação é da secretária de Trabalho e Renda, Joilza Rangel.

Os interessados devem comparecer à Secretaria de Trabalho e Renda, localizada à Rua Marechal Floriano, 255, Centro, das 8h às 17h. Ao todo, serão cerca de 200 vagas. Os cursos nas áreas shore e offshore, da empresa North Rio Capacitação e Certificação, têm desconto de até 100%. 

- A finalidade é qualificar para atender a demanda reprimida do Balcão de Empregos – ressaltou a secretária Joilza Rangel.

Os interessados devem apresentar cópias da carteira de identidade, do CPF e do comprovante de residência, além de comprovante de escolaridade. Os candidatos devem ter idade a partir de 18 anos.

Para os cursos de Homem de Área, Movimentação de Carga e Montador de Andaime, os interessados devem ter Ensino Médio incompleto. Para os cursos de Operador de Empilhadeira e Operador de Guindaste, é necessário ter carteira nacional de habilitação (CHN) e Ensino Médico completo.

Fonte: MAs inscrições para os cursos de Taifeiro, Homem de Área, Montador de Andaime, Movimentação de Cargas, Operador de Empilhadeira e Operador de Guindaste seguem até o próximo dia 24. A informação é da secretária de Trabalho e Renda, Joilza Rangel.

Os interessados devem comparecer à Secretaria de Trabalho e Renda, localizada à Rua Marechal Floriano, 255, Centro, das 8h às 17h. Ao todo, serão cerca de 200 vagas. Os cursos nas áreas shore e offshore, da empresa North Rio Capacitação e Certificação, têm desconto de até 100%. 

- A finalidade é qualificar para atender a demanda reprimida do Balcão de Empregos – ressaltou a secretária Joilza Rangel.

Os interessados devem apresentar cópias da carteira de identidade, do CPF e do comprovante de residência, além de comprovante de escolaridade. Os candidatos devem ter idade a partir de 18 anos.

Para os cursos de Homem de Área, Movimentação de Carga e Montador de Andaime, os interessados devem ter Ensino Médio incompleto. Para os cursos de Operador de Empilhadeira e Operador de Guindaste, é necessário ter carteira nacional de habilitação (CNH) e Ensino Médico completo.

Fonte: PMCG

Palestra: O Índio e a Arqueologia


Assistência Social de São João da Barra recebe prêmio nacional‏


Município está entre os 50 do país que mais investem no setor 

Inovação na prática profissional, atividades voltadas à sustentabilidade e assistencialismo como direito e não benesse.  Esses são os principais atributos que qualificam a secretaria de Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos de São João da Barra, premiada nacionalmente mais uma vez. Durante o 1º Fórum Nacional Sustentável, realizado em Salvador (BA), no final de março, o prefeito José Amaro de Souza Neco e a secretária de Assistência Social, Swany Gomes, receberam o troféu “Vivência Social 2014”, concedido aos 50 municípios brasileiros que mais investiram na Assistência Social durante os anos de 2012 e 2013.

Para a realização de ações que permitam uma melhor qualidade de vida para os munícipes com menor poder aquisitivo, a secretaria conta com uma grande e importante estrutura. São cinco Centros de Referência de Assistência Social (Cras) que atualmente atendem a 11 mil famílias em todo município. Já o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) atende a 150 famílias com mais de 10 mil benefícios, sendo que algumas integram mais de um programa assistencialista.

Além disso, a estrutura de atendimento da pasta passa por três Centros de Convivência do Idoso, 12 Centros de Convivência da Criança e do Adolescente, duas Casas de Passagem, sendo uma para moradores de rua, migrantes e pessoas em situação de abandono e outra para mulheres vítimas de violência sexual e também um Abrigo Institucional para Crianças e Adolescentes.

Segundo Swany Gomes, São João da Barra traça um caminho de muitos avanços na questão do assistencialismo aos mais necessitados.

 “A população entende a importância de um trabalho social sério e transparente. A qualidade do serviço e do atendimento é trabalhada junto com as equipes da secretaria, através de capacitações contínuas”, ressaltou.

A população também é atendida através de programas desenvolvidos pelo município. Entre eles, destaca-se o Programa Municipal de Transferência de Renda Cartão Cidadão que contempla 5.154 famílias sanjoanenses. Outro benefício é o Aluguel Social que atende a 364 lares do município.

“Temos também 297 famílias recebendo o Benefício Eventual da Cesta de Alimentos, 686 famílias beneficiadas pelo Benefício de Prestação Continuada, além de 300  contempladas por atendimentos eventuais como; passagens de ônibus, ajuda de custo, transporte, auxílio natalidade e auxílio funeral”, completou Swany.

Parcerias a nível estadual e federal também fazem parte da estrutura da Assistência Social. O Programa Federal de Transferência de Renda Bolsa Família atende a 2.877 famílias sanjoanenses. Já o Programa Estadual de Transferência do Renda Melhor e Renda Melhor Jovem, atende a 954 famílias e 38 adolescentes, respectivamente.

Fortalecimento de Vínculos- Os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos são ofertados nos Centros de Convivência específicos para os ciclos etários presentes em todo município. Nestes trabalhos, são ofertadas atividades físicas, lúdicas, orientação social, oficinas esportivas, dentre outras, com objetivo de fortalecer e/ou refazer vínculos familiares e comunitários.

Ainda são executadas políticas de Habitação, Trabalho e Renda e Direitos Humanos. Na questão da Habitação, além do benefício do Aluguel Social citado acima, também é realizada a execução do Programa Minha Casa Minha Vida. No que tange ao Trabalho e Renda, são ofertados cursos profissionalizantes em parceria com os governos estadual e federal, incentivo à economia solidária com a consolidação de cooperativas e o Centro de Oportunidades, desenvolvendo também a inclusão produtiva.  Já a política de Direitos Humanos busca a formação de recursos humanos necessários para composição de equipe multidisciplinar capaz de atender as demandas e questões que a envolvem assim como elaboração de um acompanhamento estratégico das questões sociais oriundas do grande desenvolvimento do município com o investimento do Porto do Açu.

O exercício do Controle Social é feito em um espaço único, chamado de Casa dos Conselhos Vinculados, considerado um recinto para discussões de todos os conselhos vinculados a Política de Assistência Social. Vale lembrar que São João da Barra interligou a Assistência Social aos Conselhos Municipais de Assistência Social, Direito da Criança e do Adolescente, Direito da Pessoa Idosa, Direito da Mulher, Juventude, da Pessoa com Deficiência, Habitação e Interesse Social e avança para implementação do Conselho de Combate às Drogas.

“É fato que a Assistência Social no país ainda precisa avançar muito, mas São João da Barra está fazendo a parte dela. Estamos trabalhando incansavelmente em prol da população mais necessitada do nosso município. Temos o compromisso de lutar pelas causas sociais do nosso município e proporcionar dignidade e melhores condições humanas para nossa população”, ressaltou o prefeito Neco.