Semana Unificada da Consciência Negra 2016 - Oficina de Culinária Afro Brasileira e Quilombola

A Cozinha dos Quilombos de Campos dos Goytacazes:
Sabores, Territórios e Memórias


Organização: neabi/iff, neabi/uenf, uff/pucg, mnu, smece/ pmcg, coletivo artístico saravá, coletivo negro geneci maria da penha, coletivo negro josé do patrocínio e coletivo negro mercedes batista

Local: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, Campus Campos  Centro.

Data da Oficina: 22/11/2016

Inicio: 13h Término: 17h  

Público Alvo: estudantes, professores, pesquisadores e interessados na cultura afro brasileira e quilombola.

Ministradores: Fabiano Nascimento Seixas (Chefe de Cozinha); Hélvio Gomes Cordeiro (Escritor, Historiador e Pesquisador de Cultura Afro Brasileira) e Tamires Freitas (Estudante de Gastronomia do IGA Campos).

Carga horária: 05 horas

Número de Vagas: 20   (vinte)

Período de inscrição: 15 a 18/11/2016
e-mail para inscrição: seixas.fabiano@gmail.com (nome completo, instituição e telefone para contato).

Proposta: Conhecer aspectos históricos e culturais da alimentação no Brasil; reconhecer os hábitos alimentares como um fator importante da identidade cultural do nosso povo; conhecer alguns pratos, utensílios e modos de preparo da cozinha brasileira; reconhecer a herança dos negros e negras na cozinha brasileira de hoje, em especial as preparações da alimentação cotidiana dos remanescentes quilombolas de Campos dos Goytacazes, assim como os pratos clássicos da culinária afro brasileira, e a  elaboração de um livreto de receitas com as preparações culinárias elaboradas durante a oficina.
Material didático: Serão fornecidos gratuitamente uma apostila impressa com os textos e receitas  e os alimentos para preparação dos pratos.

Certificação: Os certificados serão emitidos e chancelados pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF).

Prazo de entrega dos certificados: a definir pelos organizadores

Referência Bibliográfica:  "A Cozinha dos Quilombos: sabores, territórios e memórias",   Instituto DAGAZ : Ediouro, Rio de Janeiro, 2014.



Programação:

Palestra: A formação dos Quilombos de Campos dos Goytacazes: Uma História de Resistência!
Ministrante: Hélvio Gomes Cordeiro, Escritor, Historiador e Pesquisador de Cultura Afro Brasileira:

Oficina: A Cozinha dos Quilombos de Campos dos Goytacazes: Sabores, Territórios e Memórias
Preparação dos Pratos clássicos da Culinária Quilombola de Campos dos Goytacazes e clássicos das culinária afrobrasileira.
Ministrante: Fabiano Nascimento Seixas, Chefe de Cozinha e Tamires Freitas (Estudante de gastronomia do IGA Campos).

Culinária Quilombola
- Quilombo de Batatal
Ensopado de carne de porco com inhame
-  Quilombo de Conceição do Imbé
Cantão (carne seca com purê de banana nanica ou caturra verde)
Culinária Afro brasileira
- bolinho de feijão branco.
- Acarajé
- Caruru


- Akará
O acarajé é uma especialidade gastronômica da culinária afro-brasileira feita de massa de feijão-fradinho, cebola e sal, frita em azeite de dendê.  
- Vatapá
O seu preparo pode incluir pão molhado ou farinha de rosca, fubá, gengibre, pimenta-malagueta, amendoim, cravo, castanha de caju, leite desnatado, azeite de oliva, cebola, alho e tomate. Pode ser preparado com camarões frescos inteiros, ou secos e moídos, com peixe, com bacalhau ou com carne de frango, acompanhados de arroz. A sua consistência é cremosa.

O caruru é um cozido de quiabos ou carurus, que costuma ser servido acompanhado de acarajé ou abará, de pedaços de carne, frango ou peixe, de camarões secos, de azeite de dendê e de pimenta. É um prato típico da culinária baiana, originário da culinária africana.
 - Salada (molho a campanha)


Nenhum comentário: