ÍMÓ: o despertar da consciência Sesc Campos promove a reflexão sobre a influência das matrizes africanas em nossa cultura, educação e saúde


Com a finalidade de homenagear, provocar o debate, mobilizar a sociedade e ressaltar a importância da cultura e do povo africano na formação da identidade brasileira, o Sesc no Rio de Janeiro preparou uma série de atividades em suas Unidades.

Abaixo você confere a programação de Campos para o ÍMÓ:

CORAÇÃO SOZINHO
4/11 - Uma coletânea recontada pelo ator Eduardo Ramos, que conduz o público a uma viagem de leste a oeste da África passando por montanhas, rios, desertos e cachoeiras gigantes. São seis histórias onde estão presentes diversos seres e personagens. 10h e 15h. Grátis.

PÉROLAS NEGRAS
17/11 - Contos e lendas do continente africano são teatralizados neste espetáculo. Tudo começa com Ananse, aquele que abriu o baú de Niamy, onde viviam presas todas as histórias do mundo. A plateia vai construir a sua própria boneca Abayomi, com restos de pano. Com a Cia. Mimos Brasil. 15h. Grátis. 12 anos.

CONTOS DE CORDEL E CONTOS AFRICANOS
25/11 - A história de um reino com a conhecida temática do casamento entre um príncipe e uma princesa, remetendo às antigas sabedorias dos povos africanos, de forma dramática, contribuindo com a memória da história africana, ensinando lições de vida. 10h e 15h. Grátis. Livre.

TIGANÁ
5/11 - Primeiro compositor brasileiro a trabalhar com idiomas africanos em suas canções, Tiganá Santana é reconhecido, dentro e fora do país, por lutar pelo fortalecimento da cultura afro-brasileira. 20h. Grátis. 14 anos.

APRESENTAÇÕES DE HIP HOP
15, 20, 22 e 29/11 – Apresentações de Hip Hop, discutindo a cultura africana por meio da dança. Historicamente, o hip-hop se remete à cultura negra por meio do movimento cultural de resistência, em manifestações artísticas variadas. 17h. Grátis. 10 anos.

RODA DE SAMBA DO NEM COM A FAMÍLIA TIA DOCA
20/11 - Apresentação musical no Dia da Consciência Negra. Comandado por Nem, filho da saudosa Tia Doca, pastora da Velha Guarda da Portela, este é dos mais tradicionais shows da esfera carioca. O samba tem um repertório voltado para os bons sambas modernos, especialmente os da turma do Cacique de Ramos. 15h às 18h. Grátis. 16 anos.

BAILE BLACK MUSIC
27/11 - Em comemoração ao mês da Consciência Negra, o Sesc realiza um baile no estilo black music, integrando alunos de dança e o público em geral. 19h. Grátis. 14 anos.

BRINCANTES POPULARES NA POESIA E PROSA DO FOLCLORE BRASILEIRO
11/11 - Uma coletânea de textos inspirados e adaptados de contos, costumes e lendas do folclore brasileiro regional. 10h e 15h. Grátis. Livre.

ALMA BRASILEIRA
18/11 - Encontro e o bate-papo com o autor Campista Hélvio Gomes Cordeiro, autor dos livros Quilombo - Terra da Esperança e Carukango – o príncipe dos escravos. 19h. Grátis. 10 anos.

A GALINHA D'ANGOLA
29/11 - A galinha d'angola Dandariê resolve pedir ajuda ao deus Funfun após ser excluída de seu grupo e ser rejeitada por todos os animais da floresta por estar muito feia. Nessa busca por ajuda ela enfrentará vários obstáculos e participará de grandes aventuras. Com a Cia. Teatral Pequeno Otelo. 16h. R$ 2 (assoc. Sesc), R$ 4 (meia-entrada), R$ 8. Livre.

TRANSFORMARTE
3 a 25/11 - Estética afro. Terças e quartas, 18h às 21h.

ARTE AFRO - CORPO E EXPRESSÃO
9 a 30/11 - A atividade discutirá de forma prática o corpo na cultura africana, por meio de atividades musicais de percussão, exercícios de expressão corporal e rodas de conversa, promovendo a conscientização sobre a cultura africana. Segundas, 14h às 16h. Grátis. 12 anos.

CAPOEIRA E MACULELÊ
Os conceitos básicos da capoeira e sua característica que a distingue da maioria das outras artes marciais que é a sua musicalidade. O maculelê é um tipo de dança folclórica brasileira de origem afro-brasileira e indígena. Grátis. Livre.
9 a 23/11 – Capoeira - Segundas, 14h às 16h.
11, 18, 20 e 25/11 – Maculelê - 9h às 11h.

TRANÇAS E TURBANTES AFRICANOS
14 e 28/11 - Os participantes passarão por um momento de aprendizagem de construção de adereços da cultura africana. 13h às 17h. Grátis. 12 anos.

CONSTRUÇÃO DE BRINQUEDOS AFRICANOS
15 e 29/11 - A descoberta do mundo artístico da cultura africana por meio da construção de brinquedos que remetam a tal temática. 14h às 18h. Grátis. 12 anos.

SALA DE VISITAS - CULTURA E IDENTIDADE
17/11 - Mesa de debates, mediada e direcionada por estudiosos de Campos, que discutem temas como igualdade racial, direitos, empoderamento, identidade e expressões artísticas, pautados na cultura africana. 15h às 17h. Grátis. 12 anos.

MOSTRA DE CULINÁRIA AFRICANA
A importância histórica dos alimentos trazidos pelo povo africano para o Brasil e sua influência na nossa alimentação. Grátis. Livre.
11, 20, 24 e 29/11 - Degustação de Culinária Africana e oficina de Ervas Medicinais. 9h às 21h;
18/11 - Roda de Conversa - Saúde da População Negra. 19h e 11h;
20/11 - Mostra A Rota dos Temperos e Condimentos Africanos. 9h às 18h.

- See more at: http://www.sescrio.org.br/

Nenhum comentário: