Romanos 7:15-25

15 Eu não entendo o que faço, pois não faço o que gostaria de fazer. Pelo contrário, faço justamente aquilo que odeio.

16 Se faço o que não quero, isso prova que reconheço que a lei diz o que é certo.

17 E isso mostra que, de fato, já não sou eu quem faz isso, mas o pecado que vive em mim é que faz.

18 Pois eu sei que aquilo que é bom não vive em mim, isto é, na minha natureza humana. Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de fazer o bem, eu não consigo fazê-lo.

19 Pois não faço o bem que quero, mas justamente o mal que não quero fazer é que eu faço.

20 Mas, se faço o que não quero, já não sou eu quem faz isso, mas o pecado que vive em mim é que faz.

21 Assim eu sei que o que acontece comigo é isto: quando quero fazer o que é bom, só consigo fazer o que é mau.

22 Dentro de mim eu sei que gosto da lei de Deus.

23 Mas vejo uma lei diferente agindo naquilo que faço, uma lei que luta contra aquela que a minha mente aprova. Ela me torna prisioneiro da lei do pecado que age no meu corpo.

24 Como sou infeliz! Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte?

25 Que Deus seja louvado, pois ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo! Portanto, esta é a minha situação: no meu pensamento eu sirvo à lei de Deus, mas na prática sirvo à lei do pecado.

Fonte: Bíblia Online

3 comentários:

Anônimo disse...

Valeu Pastor !!!!!

Eduardo Braga disse...

Se faço o que não quero, isso prova que estou sendo obrigado por alguém, por uma ideologia ou pelas circustâncias. Só reconheço que a lei diz o que é certo quando creio que seja justa e coerente ou esteja de acordo com minhas idéias.

Reflexões disse...

Sepé convido-o a dar uma passadinha neste BLOG e apoiar a causa postando no seu algo sobre o assunto em questão... a BR VAI PARAR na semana da inauguração.

http://pensamentossubjetivos.blogspot.com/2011/01/vias-de-acesso-ao-shopping-iguatemi.html