Estudantes protestam pelo passe-livre nesta segunda

A Federação dos Estudantes de Campos (FEC) e o Grêmio Estudantil da E.T.E. João Barcelos Martins realizam, nesta segunda (13), uma manifestação por mais respeito ao passe-livre. O protesto acontece na Avenida Alberto Lamego, em frente a E.T.E. João Barcelos Martins, a partir das 10 horas. Estudantes de outras escolas também devem aderir ao movimento.

A manifestação é para reivindicar maior respeito a lei que garante a gratuidade no transporte coletivo para estudantes de escolas públicas. De acordo com o presidente da FEC, Maycon Prado, muitas empresas desrespeitam o passe-livre e não param nos pontos de escolas para pegar os estudantes. Ele reclama ainda que os micro-ônibus não permitem a entrada através do passe-livre e que muitos estudantes estão sendo prejudicados por chegar atrasado as aulas.

"A empresa São João, por exemplo, tem colocado ônibus exclusivo para estudantes e negando a entrada em outros veículos da linha. Os empresários deveriam ter a consciência de que cada estudante a mais no ônibus é um bandido a menos no futuro. A educação deve ser responsabilidade de todos, ainda mais quando que se trata de uma concessão pública e quando a empresa recebe para isso. Se essa postura não mudar e o passe-livre continuar sendo desrespeitado, vamos ocupar as ruas para protestar e cobrar uma solução das autoridades", anunciou Maycon, ressaltando que outras manifestações já estão programadas ainda para essa semana.

4 comentários:

Samar disse...

Como representante do Gremio JBM, declaro que é um absurdo o descaso que as empresas de transporte estao fazendo conosco. Nos estudantes merecemos mais respeito, afinal de contas, somos o futuro, a proxima geração, aqueles quem iram administrar, e governar o futuro... A manisfestação é para reivindicar o passe livre que esta sendo desrespeitado todos os dias. E foi realizado um levantamento pedagogico na escola que constatou o baixo rendimento no primeiro trimestre por parte dos alunos, por causa da perda das primeiras aulas, o que consequentemente é causado pelo desrespeito do passa-livre!
Desde ja, Samar Moreira Reis

@AndrezaSH disse...

Também faço parte do Grêmio JBM , e também faço das palavras do meu amigo Samar as minhas . As empresas de ônibus nao respeitam a nós estudantes , nós nao acordamos cedo e colocamos um uniforme para passear , nós vamos estudar ! não conseguimos chegar na escola na hora certa , perdemos aulas , provas e testes por conta disso, e não estamos pedindo favores a ninguém , apenas queremos que nosso direito seja respeitado.

Andreza Souza .
Diretora Política

Anônimo disse...

Parabéns aos estudantes do JBM, passei na hora e vi uma manifestação ordeira.
Parabéns!

jullyana disse...

Bom,como Administradora junior, declaro que a logistica dos horários das empresas de ônibus estão prejudicando os alunos de inumeras escolas; Do jeito que está não dá, vamos lutar pelos nossos direitos!
Juliana Mendes Alves.