IFF realiza 1º Festival Nacional de Cinema


O 1º Festival Nacional de Cinema do Instituto Federal Fluminense (IFF) acontece de 16 a 20 de abril de 2012, no câmpus Campos-Centro, com a participação de alunos e servidores de todo o Instituto, além de produções vindas de diferentes estados brasileiros.

A abertura do evento está marcada para o próximo dia 16 de abril, às 19h, no auditório Cristina Bastos, com a apresentação do documentário “Ditabranda”, do Rio de Janeiro, que fala sobre morte e tortura durante a Ditadura Militar. A noite ainda vai contar com exibição de filmes inscritos na Mostra Competitiva, oriundos de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro e São Paulo.

A programação segue durante toda a semana, sempre no horário das 19h às 21h, com Mostras Curta IFF e Cinema Possível, um projeto desenvolvido em Cabo Frio pelo ator, mímico e cineasta Jiddu Saldanha, além de Mostras Competitivas.

No dia 19, das 18h às 20h, haverá uma Mesa de Debate sobre Cultura com a presença da Deputada Federal Jandira Fegalli, Presidente da Frente Parlamentar Mista de Defesa da Cultura.

Diariamente, haverá exibições da Mostra Curta IFF e Cinema Possível, das 10h às 12h e das 16h às 18h, na TV da Concha Acústica do câmpus e das 11h30min às 13h, na TV do Refeitório. Além disso, o minicurso Cinema Possível, das 15h às 17h, está com inscrições abertas para toda a comunidade. A programação completa pode ser conferida no Portal do IFF em www.iff.edu.br.

A Mostra Competitiva teve 55 inscritos e a não competitiva, 48 inscrições. São filmes dos câmpus Campos-Centro, Macaé, Itaperuna e do Núcleo Avançado de São João da Barra. Estudantes de instituições de outros estados como os da Universidade Federal de São Carlos (SP) e do Centro Educacionais Leste de Brasília, também participam, assim como Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais, Maranhão e Natal. Na categoria não estudante, da mostra competitiva, há concorrentes de Niterói, Santos, Brasília e outras cidades.

Segundo o curador do Festival e Professor da Oficina Cine Vídeo, Artur Gomes, o evento tem como objetivo “fomentar e difundir a produção áudio visual dentro dos câmpus do IFF, entre os seus alunos, funcionários e professores, bem como selecionar, exibir a criatividade, através da produção áudio visual brasileira e, acima de tudo, descobrir novos talentos”.

A premiação será ampla em categorias: Categoria filme produzido com câmera celular Estudante; Categoria filme produzido com câmera celular não Estudante; Categoria filme produzido por Câmera Fotográfica Digital Estudante; Categoria filme produzido por Câmera Fotográfica Digital não Estudante; Categoria Mini DV Estudante; Categoria Mini DV não Estudante; Menção Honrosa para um filme que se destaque entre todas as categorias, mas que não seja escolhido como vencedor em nenhuma delas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia do Índio - Tribo Goytacazes

O significado do gorro (barrete frígio) no Brasão de Campos dos Goytacazes, por Marcelo Bessa