IFF realiza 1º Festival Nacional de Cinema


O 1º Festival Nacional de Cinema do Instituto Federal Fluminense (IFF) acontece de 16 a 20 de abril de 2012, no câmpus Campos-Centro, com a participação de alunos e servidores de todo o Instituto, além de produções vindas de diferentes estados brasileiros.

A abertura do evento está marcada para o próximo dia 16 de abril, às 19h, no auditório Cristina Bastos, com a apresentação do documentário “Ditabranda”, do Rio de Janeiro, que fala sobre morte e tortura durante a Ditadura Militar. A noite ainda vai contar com exibição de filmes inscritos na Mostra Competitiva, oriundos de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro e São Paulo.

A programação segue durante toda a semana, sempre no horário das 19h às 21h, com Mostras Curta IFF e Cinema Possível, um projeto desenvolvido em Cabo Frio pelo ator, mímico e cineasta Jiddu Saldanha, além de Mostras Competitivas.

No dia 19, das 18h às 20h, haverá uma Mesa de Debate sobre Cultura com a presença da Deputada Federal Jandira Fegalli, Presidente da Frente Parlamentar Mista de Defesa da Cultura.

Diariamente, haverá exibições da Mostra Curta IFF e Cinema Possível, das 10h às 12h e das 16h às 18h, na TV da Concha Acústica do câmpus e das 11h30min às 13h, na TV do Refeitório. Além disso, o minicurso Cinema Possível, das 15h às 17h, está com inscrições abertas para toda a comunidade. A programação completa pode ser conferida no Portal do IFF em www.iff.edu.br.

A Mostra Competitiva teve 55 inscritos e a não competitiva, 48 inscrições. São filmes dos câmpus Campos-Centro, Macaé, Itaperuna e do Núcleo Avançado de São João da Barra. Estudantes de instituições de outros estados como os da Universidade Federal de São Carlos (SP) e do Centro Educacionais Leste de Brasília, também participam, assim como Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais, Maranhão e Natal. Na categoria não estudante, da mostra competitiva, há concorrentes de Niterói, Santos, Brasília e outras cidades.

Segundo o curador do Festival e Professor da Oficina Cine Vídeo, Artur Gomes, o evento tem como objetivo “fomentar e difundir a produção áudio visual dentro dos câmpus do IFF, entre os seus alunos, funcionários e professores, bem como selecionar, exibir a criatividade, através da produção áudio visual brasileira e, acima de tudo, descobrir novos talentos”.

A premiação será ampla em categorias: Categoria filme produzido com câmera celular Estudante; Categoria filme produzido com câmera celular não Estudante; Categoria filme produzido por Câmera Fotográfica Digital Estudante; Categoria filme produzido por Câmera Fotográfica Digital não Estudante; Categoria Mini DV Estudante; Categoria Mini DV não Estudante; Menção Honrosa para um filme que se destaque entre todas as categorias, mas que não seja escolhido como vencedor em nenhuma delas.

Nenhum comentário: