FME 2009 abre inscrições para apresentação de trabalhos



Fórum Mundial de Educação aceitará pôsteres e atividades autogestionadas

Brasília, 13/8/2009 – Estão abertas e seguem até o dia 30 de setembro as inscrições de trabalhos que serão apresentados no Fórum Mundial de Educação (FME), a ser realizado entre 23 e 27 de novembro, em Brasília. Além das inscrições comuns, os participantes poderão optar por levar pôsteres ao evento ou promover atividades autogestionadas, isto é, palestras, seminários, mesas de discussão, apresentações de música, dança e até desfiles de moda.

As três formas de interação no fórum são gratuitas e devem ser feitas na página eletrônica do fórum. Para os interessados em levar pôsteres ao evento, será instalada uma mostra com os trabalhos desenvolvidos no Brasil e no mundo. A intenção, além da apresentação de trabalhos científicos, é o relato de projetos ou estudos em andamento. O prazo para as inscrições de pôsteres será encerrado em 15 de outubro.

As inscrições para as atividades autogestionadas, abertas até 30 de setembro, devem ser feitas pelas instituições participantes do Comitê Organizador. Cada instituição pode propor até sete atividades, sendo duas do tipo 1 (seminários, mesas de discussão, oficinas e painéis temáticos), quatro do tipo 2 (apresentações culturais, rodas de leitura e desfiles de moda) e uma do tipo 3 (mostra estudantil de inovação tecnológica).

Educação profissional e tecnológica

O Fórum Mundial de Educação (FME), movimento pela cidadania e pelo direito universal à educação, tem como principal objetivo levantar propostas que integrem a plataforma mundial de educação. Criada no FME de 2007, a plataforma dita princípios como a universalização do direito à educação pública, a garantia do acesso e a desmercantilização do ensino.

A expectativa é que, este ano, quando o FME terá pela primeira vez uma versão dedicada à educação profissional e tecnológica, 5 mil pessoas de todo o mundo participem do evento, entre estudantes, professores, pesquisadores, governos, sindicatos e membros da sociedade civil organizada. A realização do encontro no Brasil coincide com os 100 anos dos primeiros investimentos do Governo Federal em educação profissional. Mais

Um comentário:

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DA LAPA disse...

Um levantamento feito, mostra que as ruas da lapa estão assim.
Av: Adão Pereira Nunes: 23 Buraco isso mesmo só em uma rua
Av: Rui Barbosa: 04
Rua Drº Miguel Heredia: 03
Rua: Riachuelo 05
Rua: Sete de Setembro 03
Rua: Manoel Moll 06
Rua: Manoel Monteiro: 04
Rua: Dos Goytacazes: 03
Rua: Gonçalves Dias 08
Total de Buracos: 59