Simpósio de Políticas, Gestão e Financiamento dos Institutos Federais

Simpósio de Políticas, Gestão e Financiamento dos Institutos Federais

O Simpósio tem como objetivo sensibilizar a comunidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, bem como as demais interessadas quanto as novas orientações e determinações do Ministério da Educação, visando a construção, conscientização e consolidação dos novos Institutos Federais neste novo projeto institucional.

Local: INSTITUTO FEDERAL DO RIO JANEIRO - Auditório do Campus Maracanã
Data: 19 e 20 de agosto
Rua Senador Furtado nº 121
Tel.: (21) 3978-5902

Mensagem do Reitor,
Luiz Edmundo Vargas de Aguiar

"Ao longo de uma trajetória centenária, as instituições federais de Educação Profissional e Tecnológica têm conseguido manter uma certa identidade e um padrão de qualidade que as destacam no contexto da educação pública brasileira.

Essa Rede, que ao longo de sua história, resistiu às pesadas investidas, principalmente durante o período mais recente de hegemonia neoliberal, (que tentou desfigurá-la e até extingui-la), experimenta agora seu maior desafio: contribuir decisivamente com o processo de resgate social implementado pela política democrática popular do governo do Presidente Luis Inácio Lula da Silva, atuando como agente promotor da inclusão social com a democratização do conhecimento em todos os níveis e modalidades em que atua.


A transformação de nossas escolas em Institutos Federais não poderá significar o abandono de nossa essência como Instituições plurais, fortemente relacionadas com o mundo do trabalho e com os anseios da população que atendemos. Se a pesquisa e o ensino são indissociáveis, a descoberta científica que cresce com essa transformação deverá significar o aprimoramento de nossa missão em restituir à sociedade o conhecimento que por ela é gerado, qualificando ainda mais nosso ensino profissional em todos os níveis e modalidades, nossa pesquisa científica e nossas ações comunitárias, preservando assim nossa singularidade como Instituições que atuam em todos os níveis da formação humana.


Ao longo dos últimos anos, vimos perseguindo uma transformação em nossa estrutura de gestão, que possa corresponder às exigências que a modernidade nos impõe e que, principalmente agora, o novo modelo de desenvolvimento apresentado pelo atual governo, exige de nossos Institutos. Um modelo amparado na participação democrática, de respeito à diversidade e focado na busca pela inclusão social das amplas camadas da população historicamente marginalizadas.


Enquanto instituições de ensino, pesquisa e extensão, a adequação dos nossos mecanismos de gestão a esse novo modelo, visando possibilitar a participação plena de nossos servidores e da relação com a sociedade na elaboração de uma estratégia de socialização do conhecimento e inclusão social, para nós tornou-se um imperativo ético com a consolidação de uma nova institucionalidade. Para tanto, coerente com as perspectivas de atuação que a transformação em Institutos nos colocou, nos exige adequar a esse novo modelo, que agora se consolida na figura dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. "

P R O G R A M A Ç Ã O
19 de agosto
10h – Abertura

Lançamento Estadual do Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica
12h30min - Almoço
14h - Painel I - Políticas de Educação Profissional e Tecnológica para os Institutos Federais
Luiz A. Caldas - Diretor de Formulação de Políticas de Educação Profissional e Tecnológica
16h - Coffe break
16h30min - Painel II - Rede Nacional de Pesquisa e Inovação Tecnológica - RENAPI
Sérgio França - Coordenador Nacional

20 de agosto

10h - Painel III - Controle Público na Gestão da Educação Profissional e Tecnológica
Osvaldo V. C. Perrout - Secretário de Controle Externo do Estado do Rio de Janeiro - TCU/RJ
11h - Coffe break
11h15min - Painel IV - Perspectivas de Financiamento para os IFS
Alexandre Vidor - Coordenador Geral de Supervisão da Rede Federal
12h30min - Almoço 14h - Painel V - Ações do MEC voltadas para a eficiência na Gestão Pública
Dênio Silva - Subsecretário de Assuntos Administrativos do Ministério da Educação
16h - Coffe break
16h30min - Painel VI - Planejamento, Orçamento e Modelo de Gestão para os Institutos Federais
Paulo E. N. de M. Rocha - Subsecretário de Planejamento e Orçamento do MEC

Nenhum comentário: