Mulher, exemplo de luta, garra e perseverança


Hoje é um dia muito especial para as mulheres, pois é comemorado em todo mundo o Dia Internacional da Mulher, uma data que lembra a luta das trabalhadoras de uma empresa de têxtil americana que fizeram a primeira greve mundial liderada e organizada por mulheres que buscavam a redução da jornada de trabalho de 16 para 10 horas diárias e em conseqüência disso, foram vítimas de violência policial, numa atitude orientada pelos patrões, que acabaram por trancar as trabalhadoras dentro fábrica e ateou fogo, resultado: pelo menos 120 mulheres foram mortas carbonizadas.

Este é um dia de reflexão, da valorização da mulher, enquanto ser humano, enquanto a gente de transformação da sociedade, que ainda é vítima de preconceito, seja no mercado de trabalho, onde muitas vezes desempenham o mesmo trabalho mais recebem salários inferiores, onde ainda são vítimas de assédio moral e sexual, enfim, vemos neste dia a oportunidade de lutar com as dominações sofridas pelas mulheres ao longo da existência. O que fica explicito quando se fez necessária a elaboração de uma Lei para que a violência contra a mulher fosse criminalizada.


Sei que não sou muito próximo a ti, mas gostaria de partilhar contigo um pouco da minha experiência de vida, pois acredito que a partilha de informações é sempre bom, quando a gente tem como objetivo ser útil de alguma forma ao outro, sem atropelos e contratempos.
A luta pelas mulheres hoje é pelo respeito, pela valorização das suas conquistas, por não mais ser vista como objeto de consumo, artigo de cama, mesa e banho.
Pela democratização do acesso a informação, da escolha de ter ou não filhos, da inserção no mercado de trabalho com igualdades de direitos e deveres, pela possibilidade de andar pelas ruas tranquilamente sem ser importunada.


Por ter dignidade para acreditar no que é dito na constituição: “Todos são iguais”.


Dedico a minha esposa Lara Seixas

Nenhum comentário: