FEC resgata história e fundará entidade estudantil estadual


Foto: Fabiano Seixas/UJS
Diretora de escolas técnicas da UBES, Gabrielle D'Almeida no Congresso de Refundação da FEC

A Federação dos Estudantes de Campos (FEC), juntamente com entidades estudantis de vários municípios do Estado, organizará no próximo final de semana, um Congresso para fundar uma entidade estadual dos estudantes. A entidade se chamará União Secundarista dos Estudantes do Estado do Rio de Janeiro (USEE-RJ).

A expectativa da organização é reunir cerca de 2 mil estudantes fluminenses durante o encontro, que acontecerá no campus da UFRJ, no Rio de Janeiro, nos dias 20 e 21 de novembro. Além de fundar e eleger a primeira diretoria da USEE-RJ, o evento escolherá os estudantes-delegados para representar o estado no Congresso da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), que acontecerá em dezembro na cidade de Belo Horizonte.

De acordo com o presidente da FEC, Maycon Prado, uma caravana de 200 estudantes campistas participará do Congresso no Rio de Janeiro. Segundo Maycon, a FEC promoveu desde outubro um calendário de visitas à diversas escolas de Campos para mobilizar os estudantes e apresentar a nova gestão da entidade.

"A FEC está voltando a ser protagonista no movimento estudantil nacional. Esse será um momento histórico importante. A USEE-RJ será criada para reunir as entidades municipais e aglutinar as lutas dos estudantes", disse Maycon, que está no Rio de Janeiro participando dos últimos ajustes para a realização do Congresso.

Para a diretora de escolas técnicas da UBES, Gabrielle D'Almeida, a fundação da nova entidade preencherá uma lacuna no movimento estudantil do Rio de Janeiro. Para ela, a fundação da USEE-RJ demonstra que os estudantes fluminenses estão unidos e organizados.

"A USEE-RJ já nascerá com uma grande tarefa: organizar a luta da meia-entrada e do passe-livre em todo o Estado. Além disso, será uma entidade para intensificar a relação das entidades municipais com a UBES", disse Gabrielle.

História - Em 1948, a FEC participou do Congresso de fundação da União Fluminense dos Estudantes Secundários (UFES). Na época, o então presidente da FEC foi eleito vice-presidente da entidade estadual. A UFES teve seu término decretado durante a ditadura militar e desde então os estudantes fluminenses ficaram sem uma entidade representativa no cenário estadual.

Nenhum comentário: