Monitor Campista.... a última capa


Mais uma vez a expressão que demonstra a ausência de auto-estima do campista vem a tona.... Amanhã, quando não mais encontraremos nas bancas o Jornal Monitor Campista, falaremos "Campos já teve um jornal chamado Monitor Campista", mas uma ferida que levará anos e anos para ser cicatrizada, assim como foi o antigo teatro Trianon, tombado, sem justificativas.
Estamos acostumados a conviver com estas perdas, aceitar de cabeça baixa tudo que acontece e tentar prosseguir de alguma forma, acreditando que encontraremos soluções ou que algum iluminado irá aparecer e trazer uma resposta que contemple aos nossos anseios e expectativas.
É o momento mais que oportuno para a sociedade civil se organizar em prol da defesa e não extinção do nosso patrimônio cultural.

Comentários

Anônimo disse…
Parabéns, Sepé, pelo seu discreto mas, verdadeiro comentário. Que pena, Campos dos Goytacazes, cidade de que tanto amamos, guarda em sua memória mais uma dessa: O MONITOR CAMPISTA não mais circula entre nós.

Postagens mais visitadas deste blog

Dia do Índio - Tribo Goytacazes

O significado do gorro (barrete frígio) no Brasão de Campos dos Goytacazes, por Marcelo Bessa