“A história de Édipo Rei”

Apresentação da Peça “A história de Édipo Rei”, pelo grupo Teatro Andante, dentro da programação do “1º Festival de Teatro Aberto, Abrindo mentes, corações e espaços”, realizado na cidade de Campos dos Goytacazes-RJ

Ficha Técnica:
Direção: Marcelo Bones
Elenco: Ângela Mourão, Beto Militani, Gladys Rodrigues, Glauco Mattos
Adaptação e concepção: Grupo Teatro Andante
Dramaturgia: José Carlos Aragão
Iluminação: Chico Pelúcio e Felipe Cosse
Figurino: Marney Heitmann



Sinopse:

Édipo, filho de Laio e Jocasta, herdeiro de uma maldição, foi abandonado ao nascer, já que uma profecia previa que se Laio gerasse um filho homem, este o mataria. Édipo foi entregue a um criado, encarregado de matá-lo, mas este, com pena do bebê entregou a criança a um pastor.

Édipo então foi levado ao rei de Corinto, Pólibo, que por não ter filhos, embora fosse casado com a rainha Mérope, o adotou. Em certa ocasião, quando Édipo já era jovem, resolveu consultar o oráculo de Delfos para saber sua real origem. Como resposta, o jovem se defrontou com uma revelação aterrorizante.

A resposta que Édipo recebeu é que, não somente mataria seu pai, mas desposaria sua própria mãe, gerando uma raça maldita. No intuito de evitar uma tragédia, desesperado resolveu fugir de Corinto, deixando para trás Pólibo e Mérope, que de fato acreditava serem seus pais verdadeiros. À caminho da Fócida, o pobre rapaz se deparou com Laio e sua escolta, e partir daí começa, sem saber a cumprir a sua maldição.

Nenhum comentário: