Mensagem da candidata a Deputada Estadual Graciente Santana - PCB 21123


"Encerramos nossa participação nesse processo eleitoral convencidos de que cumprimos o papel ao qual nos propomos desde o seu início. Com a nossa maneira simples e direta de abordagem, por todos os lugares por onde percorremos ,levamos a mensagem de que é necessário mobilização e luta na construção de uma sociedade igualitária e fraterna..
Nestes dias de campanha politíca procuramos fazer do momento eleitoral um momento de debate com cada cidadão (ã) , cada estudante que nos deparamos nas ruas durante nosso corpo -a -corpo e panfletagem. Fomos incansáveis na discussão política a respeito da conjuntura do nosso município, do nosso estado e do Brasil. Falamos sobre as contradições e as ações dos governos neoliberais e defendemos um novo conceito de sociedade e de relação do cidadão com o poder público.
Lutamos sem nos intimidar contra a disparidade do poder econômico que viabiliza um verdadeiro show pirotécnico com muita propaganda eleitoral, desprovido de debate ideológico e de propostas capazes de promover a superação das mazelas sociais existentes, promovido tanto pela direita conservadora quanto pela nova direita.
Cumprimos bem nosso papel nestas eleições quando apresentamos a proposta do PODER POPULAR demonstrando desta forma que há alternativas mais democráticas de condução do poder público com a participação ativa da população.
Com certeza nossa luta não acaba aqui, ao contrário, assumimos nosso compromisso em contribuir com o amadurecimento político de situações que colaborem com a unidade de classe e com a retomada da luta rumo a um novo modelo de sociedade , Nós do PCB, evidaremos todos os esforços e dedicação para garantir nossa presença nas lutas sociais em nosso município, nosso estado e em nosso país.

Estaremos sempre presentes na luta dos trabalhadores, dos estudantes, dos sindicatos, nas ocupações para garantir terra ao homem do campo, nas ocupações de espaços ociosos e de todas as lutas em prol da dignidade humana.

Viva o socialismo!
Viva o Poder Popular! "

Nenhum comentário: