Águas do Rio Paraíba do Sul recebem o 6º Festival de Remo



Força + Técnica + Harmonia = Remo, um esporte completo.


No próximo domingo (01/08), acontecerão nas águas do Rio Paraíba do Sul, em Campos dos Goytacazes, o 6º Festival de Remo, que contará com a participação dos Clubes de Regatas Botafogo, Vasco, Guanabara, Loureiro, Rema Campos e Clube de Regatas Campista, dentre outros.

O 6º Festival de Remo é uma grande competição que já faz parte do circuito estadual de Remo, que tem o apoio e a participação da Federação de Remo do Estado do Rio de Janeiro

O evento, organizado pela Associação Norte Noroeste Fluminense de Remo, que tem na sua presidência o incansável Dimisson Nogueira, uma das maiores lideranças do esporte campista, que tem se dedicado nos últimos anos a resgatar a história do Remo Campista, através do Projeto Rema Campos, que tem revelado novos atletas de grande nível que se destacam nas regatas em nossa cidade, assim também como nas competições nacionais, até mesmo exportando remadores para grandes clubes da cidade do Rio de Janeiro.

Através do apoio da Prefeitura Municipal de Campos/Fundação Municipal de Esportes, COAGRO, Vital Engenharia, Faculdade de Direito de Campos, Instituto Federal Fluminense e outros parceiros do Projeto Rema, a organização do evento disponibiliza aos clubes participantes transporte, alimentação e hospedagem durante o Festival.

Os atletas dos clubes convidados sairão da cidade do Rio de Janeiro no dia 31 de julho de 2010, às 8 h da manhã, chegando à Campos tarde, onde fazem reconhecimento das raias e depois se hospedarão no Sesc Mineiro de Grussaí, retornando a Campos pela manhã para participação na competição.

Nesta competição as provas disputadas com barcos tipo Skiff (1X): Peso=14 Kg,Comprimento=8,20m,2 remos/1 remador) e Double (2X): Peso=27 Kg, Comprimento=10,40m, 4 remos/2 remadores(Proa e Voga), com atletas nas categorias Infantil(13 e 14 anos); Junior (15 a 18 anos) e Sênior(Atletas até 22 anos).

Abaixo as provas que serão disputadas nas raias do Rio Paraíba do Sul:


1. Double Infantil- Masculino
2. Skiff Infantil - Masculino
3. Skiff Infantil - Feminino
4. Double Junior B - Masculino
5. Double Junior B -Feminino
6. Skiff Junior B - Masculino
7. Skiff Junior B - Feminino
8. Double Junior A - Feminino
9. Double Senior A – Masculino


O remo é um desporto aquático organizado a partir de meados do século XIX e desde muito cedo integrado no programa oficial dos Jogos Olímpicos e Jogos Paraolímpicos. É um desporto de velocidade, praticado em barcos estreitos, nos quais os atletas se sentam sobre bancos móveis, de costas voltadas para a meta, usando os braços para mover o barco o mais depressa possível, em geral em rios, lagoas, enseadas ou pistas construídas especialmente para a prática da modalidade), mas por vezes também no mar. Pode ser praticado em diferentes categorias, desde barcos para uma pessoa, duas, quatro ou oito. Cada remador pode conduzir o barco utilizando um ou dois remos dependendo do tipo de barco. Alguns barcos ainda podem ter incluída a presença de um timoneiro responsável por dar o ritmo da remada aos atletas.

O remo é um desporto muito completo, quer do ponto de vista dos atletas envolvidos (todos os grandes grupos musculares), quer do ponto de vista da demanda fisiológica que supõe. Na verdade, trata-se de um desporto de resistencia-força (aquilo a que os anglo-saxónicos chamam de "power-endurance sport"), ou seja, um desporto que exige níveis muito elevados de força muscular e de resistência à fadiga. Assim, os remadores são, usualmente, muito fortes e bem musculados e possuem uma muito elevada capacidade aeróbica, para poderem oxigenar a grande quantidade de massa muscular utilizada no seu desporto. A combinação destas duas características confere-lhes uma capacidade física singular, senão única.

Um aspecto interessante do remo é que este desporto tende a seleccionar os atletas mais altos e com membros mais longos, porque estes conseguem mais facilmente obter um padrão de exercício de força mais continuado e prolongado na água (remada mais ampla). Assim, é raro encontrarmos, por exemplo nas finais olímpicas, remadores com menos de 1,90 m de altura, havendo mesmo muitos com mais de 2,00 m. Dada esta característica do desporto, criou-se a categoria de pesos ligeiros, para possibilitar a prática competitiva do remo a homens e mulheres mais próximos do padrão normal da população.

Fonte: Wikipedia

Nenhum comentário: