Tradição Três

"O único requisito para ser membro é o desejo de parar de usar"
Texto Básico, páginas 70 e 71


Esta tradição é importante para o indivíduo e para o grupo. A palavra-chave é o desejo; o desejo é a base da nossa recuperação. Nas nossas histórias e na nossa experiência de tentar levar a mensagem de recuperação ao adicto que ainda sofre, há uma dolorosa realidade da vida que surge constantemente. Um adicto que não queira parar de usar não vai parar de usar. Pode ser analisado, aconselhado, persuadido, pode se rezar por ele, pode ser ameaçado, surrado ou trancado, mas não irá parar até que queira parar. A única coisa que pedimos aos nossos membros é qeu tenham este desejo. Sem ele, estarão condenados, mas, com ele, acontecerão milagres.

O desejo é nosso único requisito. A adicção não discrimina. Esta tradição existe para assegurar que qualquer adicto, não importando as drogas que usou, sua raça, crença religiosa, sexo, preferência sexual, ou situação financeira, seja livre para praticar a maneira de viver de NA. Com "o desejo de parar de usar", com único requisito para ser membro, um adicto nunca é superior ao outro. Todas as pessoas adictas são bem-vindas e iguais para obter o alívio que procuram da sua adicção; todo e adicto pode se recuperar, neste programa, em base de igualdade. Esta tradição garante a nossa liberdade de recuperação.

Tornar-se membro de NA não é automático quando alguém entre porta adentro ou quando o recém-chegado decide parar de usar. A decisão de fazer parte da nossa Irmandade cabe ao indivíduo. Qualquer adicto que tenha o desejo de parar de usar pode tornar-se membro de NA. Somos adictos, e o nosso problema é a adicção.

A escolha de ser membro cabe ao indivíduo. Sentimos que o estado ideal da nossa Irmandade é quando adictos podem vir livre e abertamente a uma reunião de NA, onde e quando quiserem, e partir com igual liberdade. Percebemos que a recuperação é uma realidade e que a vida sem drogas é melhor do que jamais imaginamos. Abrimos as nossas portas para outros adictos, na esperança de que eles possam encontrar o que nós encontramos. Mas sabemos que só aqueles que tiverem o desejo de parar de usar e quiserem o que nós temos a oferecer irão juntar-se a nós na nossa maneira de viver.

Nenhum comentário: