A valorização da cultura em Quissamã

Ontem tive o privilegio de participar da cerimônia de lançamento do catálogo “Machadinha: Origem, História e Influências”, que aconteceu no Complexo Cultural Fazenda Machadinha, em Quissamã, um momento ímpar de estar ao lado dos amigos Jéssica Carvalho, LeonardoVasconcellos, Welligton Cordeiro e outros autores do catálogo, que hoje já é considerado uma referência literária na divulgação da cultura afro-brasileira, dando enfoque ao intercâmbio entre a cidade brasileira de Quissamã e a Kissama, em Angola.
Uma caravana de jovens estudantes campista estava lá presente, em busca de informações do local, fazendo uma visita as dependências das antigas senzalas, da igreja de Nossa Senhora do Rosário, das ruínas do Casarão, e outro ponto marcante foi a participação na inauguração do Memorial Machadinha, um espaço situado no antigo salão comunitário, que funcionará como um receptivo turístico da comunidade local, divulgando as informações contida no catálogo Quissamã-Kissama. E para fechar a noite com chave de ouro, aconteceu o show da cantora Rita Ribeiro, mostrando seu trabalho, que é uma mistura de pontos de candomblé, cânticos afro-brasileiros e música eletrônica, resultado por ela chamado de Tecnomacumba, que abriu interessantes caminhos no visualização do sincretismo religioso com tambores, atabaques e a riqueza percussiva africana.
Enfim, foi muito bom estar no Complexo Cultural Fazenda Machadinha e perceber que excelentes ações no resgate da cultura, no desenvolvimento local sustentável, na criação de projetos turísticos e a utilização racional dos recursos oriundos dos royalties do petróleo.
Parabéns ao prefeito Armando Carneiro e sua competente equipe.

Um comentário:

Jéssica Carvalho disse...

Meu querido amigo Sepé realmente foi uma noite muito boa a de sábado passado.
Passei a data do meu aniversário e a data do lançamento do livro ao lado de amigos do peito, foi muito bom estar lá com vcs.
Obrigada por tudo!