Operação Alta Tensão no site da Polícia Civil/RJ

Polícia Civil prende quatro pessoas envolvidas em desvio de verbas públicas em Campos

5/6/2009 - ASCOM/PCERJ

Cerca de 150 policiais civis, de seis delegacias do interior e nove especializadas, realizaram, na manhã desta sexta-feira, uma operação, denominada Alta Tensão, para cumprir 23 mandados de busca e apreensão e sete de prisão, expedidos pela Justiça, em Campos dos Goytacazes.

Quatro pessoas foram presas, incluindo o atual presidente do PTB, Sivaldo Abílio de Oliveira, 67 anos, e ex-presidente da empresa Campos Luz, responsável pela manutenção e reparos da iluminação na cidade de Campos. Ele é acusado de desviar cerca de R$ 40 milhões dos cofres públicos.

Também foram presos Janaína Velasco de Oliveira, 36 anos, filha de Sivaldo, Altair Peçanha Rangel, 52 anos, e Italamei Barroso Falcão, 39 anos, todos eles ex-funcionários da empresa Campos Luz. Os quatro foram autuados pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, falsidade de documentos públicos e particulares e falsidade ideológica.

De acordo com o delegado da 147ª DP (São Francisco de Itabapoana), Ivaílson Moreira Sardinha, as investigações tiveram início em fevereiro último, quando foi aberto um inquérito policial para apurar uma série de denúncias envolvendo desvios de verbas públicas naquele município.

- Na última semana da gestão de Sivaldo à frente da Campos Luz foram desviados cerca de R$ 7 milhões”, revelou o delegado, responsável pelas investigações na 134ª DP (Campos dos Goytacazes).

Nove empresas situadas em Campos, que atuavam como "fantasmas" e envolvidas em superfaturamento de obras, foram lacradas pela polícia. Entre as firmas estão a Agência de Talentos e Produções e Eventos Ltda., Nova Aliança Construções e Serviços Ltda., Ouro Negro Assistência e Consultoria, Fidalcon Construtora Ltda., Flavan Comércio de Peças e Material de Limpeza Ltda., Engenharia Monte/P. Magalhães Montagem e Construção Ltda., PH Paes Construtora Salles, e Flecha Dourada de Campos Ltda.

Na ação foram apreendidos 23 veículos, sendo nove caminhões de grande porte, 11 carros, duas motos, um trator. Também foram arrecadados cinco armas, munições, dois cofres, notebooks, cerca de 20 CPUs, 50 aparelhos celulares, além de eletrodomésticos, dinheiro e jóias. Os agentes também apreenderam equipamentos de um estúdio de som, em Campos.

Os policiais também realizaram buscas e apreensões em quatro endereços na cidade do Rio, sendo dois em Copacabana, um na Urca e outro no bairro de Santa Rosa, em Niterói.

Participaram da ação, policiais da 134ª DP (Campos dos Goytacazes), 141ª DP (São Fidélis), 145ª DP (São João da Barra), 146ª DP (Guarus), 147ª DP (São Francisco de Itabapoana), e da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (4ª CRPI).

Os agentes contaram com o apoio de policiais da Polinter, das Delegacias de Repressão a Armas e Explosivos (Drae), Roubos e Furtos (DRF) Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), Homicídios (DH), Fazendária (Delfaz), Defraudações (DDEF), com auxílio de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Também foram usados 40 viaturas, três reboques, um caminhão baú e um helicóptero Águia.

Fonte: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Nenhum comentário: