Educação tecnológica: Aluno do Cefet-MG recebe prêmio em feira internacional

Rafael Gazzin, de 16 anos, aluno do curso técnico de mecânica do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG), classificou-se em 3º lugar na categoria Electrical and Mechanical Engineering da maior feira internacional pré-universitária do mundo, a Intel Internacional Science and Engineering Fair (Intel-Isef). Realizado de 10 a 15 de maio, em Nevada, nos Estados Unidos, o evento reuniu 500 estudantes de cerca de 50 países.


O trabalho premiado, Motor a reação por compressão através de ondas de choque e aceleração autônoma, foi desenvolvido sob orientação dos professores do Cefet-MG Caio Júlio Motta Lima e Maria Celeste Monteiro de Souza Costa. Uma das vantagens do motor é o fato de utilizar biocombustíveis, além de possuir uma engenharia de fabricação e manutenção de baixo custo.


“Foi uma alegria muito grande o meu trabalho ter sido selecionado dentre mais de 300 projetos do mundo inteiro. Com certeza essa pesquisa de iniciação científica me proporcionou uma base excelente, que vai repercutir positivamente no meu futuro profissional”, disse o aluno.


Para o diretor-geral do Cefet-MG, Flávio Santos, essa conquista é também da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), importante parceira, que concedeu a bolsa de iniciação científica a Rafael Gazzin. “Estamos muito satisfeitos com a premiação e divido essa vitória com a Fapemig, instituição de credibilidade no fomento à pesquisa em nosso estado. Ela tem dado importante apoio aos nossos projetos institucionais”, afirmou.


Outros prêmios – Desde que começou a pesquisa, em 2007, Rafael Gazzin já recebeu 18 premiações por seu trabalho: um na Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações do Cefet-MG (Meta); quatro na 6ª e dez na 7ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace); dois na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec); e, por último, o terceiro lugar na Intel-Isef 2009. No próximo dia 23 de julho, ele viaja com a orientadora para a Tunísia, onde vai representar o Brasil em outra feira internacional, a Milset Expo-Sciences Internacionale (Milset ESI).

Fonte: ASCOM CEFET-MG

2 comentários:

Anônimo disse...

Interessante... Enquanto as outras Instituições apoiam projetos a nossa extingue a Semana do Saber, uma feira de projetos tecnológicos que incentiva o trabalho em equipe e a participação dos alunos nos projetos.
Um absurdo!!!

afcsagaz disse...

A "democracia" acabou com a semana do saber...