Estudantes do CEFET escolhem nova gestão para o Grêmio Estudantil



Aconteceu nesta terça-feira no Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET) em Campos, a eleição para o Grêmio Estudantil Nilo Peçanha, entidade representativa dos estudantes secundaristas da instituição. A entidade representa cerca de quatro mil alunos e é o maior grêmio estudantil da região Norte Fluminense.A chapa que tentava a reeleição - Chapa Mãos à Obra - obteve 119 votos, sendo superada pela chapa de oposição - Chapa Objetivo - que somou 447 votos.
O presidente eleito para a nova gestão, o estudante do curso técnico de telecomunicações, Rafhael Victor, comemorou o resultado e prometeu fazer um mandato independente e democrático. "Uma das nossas reivindicações é a melhoria dos micródromos. Iremos fazer com que as chamas do movimento estudantil secundarista possam reacender dentro do CEFET", enfatizou o novo presidente, que será empossado na próxima quinta-feira, juntamente com toda a diretoria eleita.

Ele ressaltou ainda que entre as propostas de sua gestão está lutar pelo cumprimento da lei da meia-entrada, garantir o respeito ao passe-livre e realizar um seminário de orientação para o trabalho.

Na pauta do novo Grêmio também estará a qualidade do ensino ofertado na instituição."Os cursos técnicos do CEFET Campos, em minha opinião, deixam muito a desejar. Laboratórios, salas, recursos multimídias, aulas práticas, etc. Há cerca de vinte anos atrás, as empresas do ramo petrolífero, tanto de exploração, refino, distribuição, em regime off-shore e on-shore, viam no CEFET um grande investimento. Queremos resgatar isso", declarou Rafhael, lembrando que o processo de transformação do CEFET em IFF é uma discussão importante que precisa ser feita com os estudantes.

Perfil - Rafhael Victor tem 20 anos, foi secretário de política estudantil do Grêmio da Escola Técnica Estadual João Barcelos Martins em 2004. Foi Diretor de Esportes e Ação Política da União da Juventude Socialista (UJS) de Campos em 2007 e contribuiu para implementação de vários grêmios estudantis. Além disso, foi articulista de passeatas municipais, como a que garantiu a manutenção do passe-livre em 2004.

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom!

Irapoan disse...

Parabéns galera!