Toyota antevê primeiro prejuízo de sua história




Maior fabricante do planeta prevê perdas de até 1,688 bilhão de dólares

A Toyota divulgou relatório nesta segunda-feira, dia 22 de dezembro, que prevê um prejuízo operacional no ano fiscal de 2008/2009, que se encerra no próximo mês de março. Caso as perdas realmente se concretize, será a primeira vez na história que a fabricante japonesa fecha um ano no vermelho.
A crise econômica mundial, que afetou diretamente as vendas de veículos nos Estados Unidos, e a valorização do iene frente ao dólar são os principais responsáveis pela situação inédita. O relatório prevê perdas de até 1,668 bilhão de dólares. A previsão, no início do ano fiscal, era de um lucro de 25,235 bilhão de dólares.
No entanto, a Toyota ainda trabalha com uma previsão de lucro líquido de 560 milhões de dólares – menos de um décimo dos 6,1 bilhões inicialmente previstos.
“A Toyota está enfrentando uma situação de emergência sem precedentes em sua história e não poderá evitar um déficit operacional no ano fiscal de 2008/2009”, disse Katsuaki Watanabe, presidente da companhia japonesa, em uma entrevista coletiva concedida em Nagoya.
A Toyota passou ilesa à queda nas vendas de utilitários e picapes durante a alta no preço do petróleo ocorrido no primeiro semestre, graças ao aumento da demanda por seus sedãs (Corolla e Camry) e também do híbrido Prius. A crise econômica que vem assolando a economia mundial nos últimos meses, provocou queda na demanda também dos veículos menores e híbridos.
A empresa também sofre com a forte valorização do iene em relação ao dólar e ao euro, uma vez que isso dificulta as exportações de veículos para a Europa e para os Estados Unidos. Além disso, os valores acabam sendo reduzidos no momento da repatriação dos lucros para o Japão.

Nenhum comentário: