Flashes de apresentação teatral promovida pela chapa OBJETIVO

Farofa Carioca - A Carne!
A carne mais barata do mercado é a carne negra
Que vai de graça pro presídio.
E para debaixo do plástico
Que vai de graça pro sub-emprego

E pros hospitais psiquiátricos
A carne mais barata do mercado é a carne negra
Que fez e faz história pra caralho
Segurando esse país no braço, meu irmão.
O gado aqui não se sente revoltado
Porque o revólver já está engatilhado
E o vingador é lento, mas muito bem intencionado
Esse país vai deixando todo mundo preto
E o cabelo esticado

E mesmo assim, ainda guardo o direito
De algum antepassado da cor
Brigar por justiça e por respeito
De algum antepassado da cor
Brigar bravamente por respeito
Carne negra



Comentários

Anônimo disse…
Muito bom mesmo, esse cara é ótimo! Não precisou falar nada. Só essa intervenção já basta!

Congratulations!
Este comentário foi removido pelo autor.
Oi, Sepé.
Seu blog continua excelente.
Porém, a Bandeira Nacional não pode ser usada dessa maneira.

Abração.

OBS: antes que alguém fale alguma coisa, esclareço:

1 - não se trata de opção de A, B, ou C de usar a Bandeira deste ou daquele jeito: simplesmente não pode (não estou inventando: é o que prevê a Lei 5.700/71).

2 - o argumento de que se trata de apresentação teatral, manifestação político-cultural ou exercício da liberdade de expressão também não justifica o que se vê nas fotos.

3 - o fato de ser a lei antiga ou do período militar também não justifica, porque há mais de 20 anos vivemos numa democracia e até hoje nenhum governo democrático revogou tal lei.
Anônimo disse…
Acho engraçado falar da lei, acho que tenho outra leitura...
observe:
Art 10. A Bandeira Nacional pode ser usada em tôdas as manifestações do sentimento patriótico dos brasileiros, de caráter oficial ou particular.
Art 11. A Bandeira Nacional pode ser apresentada:
II - Distendida e sem mastro, conduzida por aeronaves ou balões, aplicada sôbre parede ou prêsa a um cabo horizontal ligando edifícios, árvores, postes ou mastro;

Obrigado!
Ass. Pedro Marinho
Larissa disse…
Ótima essa apresentação...
refletir sempre é bom!

Postagens mais visitadas deste blog

Dia do Índio - Tribo Goytacazes

O significado do gorro (barrete frígio) no Brasão de Campos dos Goytacazes, por Marcelo Bessa