Confirmados debatedores do 51º CONUNE

A programação está bem variada e conta com nomes importantes de diversas áreas

Há 15 dias do 51º CONUNE, algumas presenças importantes nas mesas de debates já estão confirmadas. Entre elas estão o presidente Lula, a ministra chefe da casa civil Dilma Roussef, a vereadora Heloísa Helena, o ministro dos Esportes Orlando Silva. Os temas de discussão terão uma abordagem bem ampla, tratando de assuntos como movimento estudantil, crise mundial, 30 anos de anistia no Brasil, meio ambiente, América Latina, meios de comunicação, descriminalização das drogas, cultura e reforma universitária.

Confira abaixo o perfil de alguns dos participantes:

Arthur Poener: Em 1968, Arthur José Poerner era redator e articulista do Correio da Manhã, um dos raros veículos de comunicação a fazer frente à ditadura no Brasil. O jornalista e escritor esteve envolvido desde o início das manifestações estudantis no Rio de Janeiro, tendo inclusive carregado o caixão do estudante Edson Luis, morte que foi o estopim dos protestos dos jovens contra o regime autoritário. É autor do livro "O Poder Jovem", que conta a história do movimento estudantil no Brasil. Poerner participará da mesa "O Protagonismo da Juventude Brasileira".




Paulo Vannuchi: Paulo de Tarso Vannuchi é formado em jornalismo pela USP, foi preso político na ditadura militar e atualmente é Ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos. Ele participará da mesa "30 anos de anistia no Brasil".





Protógenes Queiroz: Protógenes Queiroz é delegado da Polícia Federal. Foi quem efetuou a prisão de Paulo Maluf, do contrabandista Law Kin Chong, de Daniel Dantas, de Naji Nahas e do ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta. O delegado participará da mesa "Juventude, Segurança e Políticas Públicas".




Pedro Nuñez Mosquera: Pedro Nuñez Mosquera é embaixador de Cuba no Brasil. Ele participará da mesa "América Latina e integração Sul-sul".






Mino Carta: Mino Carta é jornalista e dirigiu as equipes criadoras do Jornal da Tarde e das revistas Quatro Rodas, Veja, Istoé e Carta Capital, da qual é diretor de redação. Ele participará da mesa "Democratização dos Meios de Comunicação".

Nenhum comentário: