FEC será reconstruída


Era uma vez... Assim pode ser contada a história da Federação dos Estudantes de Campos (FEC). A entidade estudantil é a mais antiga do Brasil, fundada em 1933, e já foi palco de diversas lutas. Porém, durante os últimos anos, a FEC permaneceu sem gestão e foi alvo de polêmicas que afastaram os estudantes da sua representante.


Mas esse quadro está com os dias contados para terminar. Estudantes de várias escolas se organizam para reconstruir a entidade. O movimento convocou o Conselho Municipal de Entidades de Base (COMEB) para a próxima terça-feira (dia 28) às 14 horas no auditório do IF-Fluminense.


Com o tema "Fazer o movimento, reconstruir a FEC!", o COMEB contará com a participação de vários grêmios estudantis. Na pauta de discussão está a convocação do próximo Congresso da FEC, onde será eleita uma nova diretoria para a entidade.


De acordo com Hugo Pereira, presidente do Grêmio do Liceu de Humanidades de Campos, todos os grêmios estudantis e os estudantes estão convidados para participar do Conselho. Segundo ele, a idéia é fazer um COMEB democrático, onde todos possam dar sua opinião e colaborar com a reconstrução da entidade.


"O COMEB é a instância que convoca o Congresso e onde as decisões são tomadas. Estamos na imprensa, para convidar todos os estudantes à participarem", disse Hugo, que participará do Conselho juntamente com grêmios de escolas importantes, como o IFF, o ISEPAM e outros.,


Para o estudante Maycon Prado, do C.E. Desembargador Álvaro Ferreira Pinto, reconstruir a FEC é reconstruir a história do movimento estudantil de Campos. Para ele, a próxima gestão da FEC terá a missão de apagar a mancha que a entidade obteve nos últimos anos.


"Nós precisamos de uma entidade para representar os estudantes e olhar para a questão do passe-livre e da meia-entrada, por exemplo. A FEC formou muitas lideranças e tem uma história muito bonita", afirmou Maycon, ressaltando que defende uma entidade democrática e independente.


O Conselho Municipal de Entidades de Base da FEC tem entrada franca e é aberto a todos que queiram participar. Maiores informações podem ser obtidas pelo email comebdafec@gmail.com.

2 comentários:

Lamparão disse...

apagaram meu post, mas não tem problema, eu posto de no, e se apagarem eu posto de novo e de novo e de novo....

Pra não dizer que isto é uma palhaçada, tenho que dizer que é trágico.
Infelizmente algumas pessoas não enxergam um palmo a frente, e ainda acham que representam o movimento estudantil. Quando na verdade são uma pequena quadrilha organizada que quer usar a FEC como moeda de troca, tendo em vista que já perderam força no movimento universitário, e agora tentam usar estas crianças inocentes como "testa-de-ferro" para atingir seus objetivos mais obscuros.
Não devemos esquecer que este bando são resquícios de Fábio Washigton, antigo presidente da FEC, que iniciou a depreciação desta entidade, coma famosa "fraude das carteirinhas da FEC", e esta mesma gangue vêm por trás desta orgia político-estudantil.

REFORMULAÇÂO DA UJS JÀ!!!
Fora Marcos Tavares!
Fora André Lacerda!
Fora Jéssica Carvalho!

Lamparão disse...

Não sei se dou risada, ou se choro quando olho este cartaz.
Só de pensar que aquela mesma gangue de Fábio Washington (Aquele mesmo dos esquemas das Carteirinhas), querem retomar a FEC me dá calafrios. Eu sabia que eles eram cara de pau, mas não achei que fossem loucos, usar a Federação como trampulim político, e ainda pior, manipular a cabeça de jovens que tem realmente vontade de mudar, isso é patético.

Já estou vacinado contra esse pessoal da UJS, e sei que cada passo que dão é somente para enaltecer os nomes das "cabeças", tais com Marcos Tavares, André Lacerda, Jéssica Carvalho e outros que fizeram parte da malfadada direção da FEC, onde começou o início do fim. Quem já teve a chance e não fez, não pode pedir outra vez!!!