Tire suas dúvidas e saiba como participar do 1º Encontro Nacional dos Estudantes do ProUni

Tire suas dúvidas e saiba como participar do 1º Encontro Nacional dos Estudantes do ProUni
Confira o guia que o EstudanteNet preparou para você. Ainda está em tempo de participar e opinar sobre o que pode ser melhorado

Clique aqui e preencha o questionário sobre o ProUni. Com esse documento você pode contrinuir para o encontro.O debate sobre o acesso ao ensino superior sempre foi pauta no movimento estudantil. Este ano, a discussão ganhará espaço privilegiado durante o Congresso da UNE: o 1º Encontro Nacional dos Estudantes do ProUni, marcado para os dias 16 e 17 de julho, em Brasília.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do encontro dia 16, às 9h no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, localizado no eixo monumental. Será o momento em que os estudantes somarão todas as suas reivindicações, levando em consideração as especificidades do programa nos estados, em uma Carta.
O documento será entregue ao presidente Lula. O estudante que tiver uma proposta ou sugestão, pode enviar para encontronacional.prouni@gmail.com que será anexado ao documento.
O programa abriu as portas do ensino superior para mais de 600 mil pessoas desde 2005, ofertando bolsas de estudos parciais e integrais e é avaliado pela UNE como um importante instrumento para o processo de inclusão social brasileiro.

Desde 2007, a UNE vem provendo encontro estaduais com prounistas para debater as normas e pensar propostas para aperfeiçoar o programa que abriu cerca de 600 mil vagas no ensino superior privado em 4 anos, somando as bolsas integrais e parciais.

Todos podem participar do encontro. No dia 17, haverá também debates e discussões na Universidade de Brasília (UnB). Saiba abaixo como proceder para participar do encontro:
Perguntas mais frequentes

O que é o 1º Encontro Nacional do ProUni?
O Encontro Nacional é o encerramento de um processo de encontros estaduais e consultas ao longo da Caravana da UNE com estudantes do ProUni. Esse encontro nacional coroará um ano de mobilização e debates sobre esse importante projeto educacional que democratiza o acesso à Universidade.

Quando e onde acontecerá o 1º Encontro Nacional dos Estudantes do ProUni?
O 1º Encontro Nacional dos Estudantes do ProUni acontece entre os dias 16 e 17 de Julho em Brasília no Centro de Convenções Ulisses Guimarães a partir das 8h.
Estudantes não prounistas podem participar evento?
O 1º Encontro do ProUni está aberto para todos estudantes do país, principalmente os prounistas.

Qual o procedimento para participar do encontro?
Existem caravanas saindo de todo o país para participar do Congresso da UNE e do Encontro do Prouni, que acontecem de 15 a 19 de julho. A orientação é procure o coordenador da entidade de sua área para ver a vaga nos ônibus. (abaixo segue a lista de coordenadores)

Gostaria de participar, mas resido em outro estado e não tenho como bancar minha ida, o que posso fazer?
O Encontro é aberto para todos os estudantes, sem custos. Apenas os estudantes que quiserem usufruir da estrutura do congresso - alojamento, alimentação, transporte, pagarão 100,00 reais. Veja no hotsite do congresso: http://www.une.org.br/congresso

Existe alguma forma de participar mesmo não estando presencialmente em Brasília?
Você pode escrever seu depoimento, sugestões, críticas etc e mandar para o encontronacional.prouni@gmail.com, com adendos que poderão ser acrescidas à carta que será entregue ao Presidente Lula durante o encontro.

Um comentário:

Anônimo disse...

PROVA DO CONSELHO TUTELAR NO IFF NO DOMINGO:

MEDIDA LIMINAR CONCEDIDA NO MANDADO DE SEGURANÇA IMPETRADO POR CONSELHEIROS.

Processo nº: 2009.014.020427-8

Decisão: Trata-se de mandado de segurança em que os impetrantes alegam que o Município de Campos dos Goytacazes publicou edital para o Processo Seletivo dos Conselhos Tutelares para a gestão que terá início em 01/08/09 e término em 31/07/09 com características que violam princípios administrativos. A prova será aplicada no próximo dia 05/07/09 e o conteúdo programático publicado se limita a mencionar que as questões de múltipla escolha versarão sobre: a) conhecimentos do Estatuto da Criança e do Adolescente; b) gramática da língua portuguesa; c) informática básica. O conteúdo citado seria demasiadamente genérico e a ausência de especificação violaria os princípios da legalidade, impessoalidade, publicidade, moralidade, isonomia e eficiência. Além disso, a cláusula do edital impugnada não seria razoável. Feito este breve relato, passo a decidir. Não vislumbro violação aos princípios da legalidade - até porque nenhuma norma legal foi apontada -, impessoalidade, publicidade, isonomia e moralidade no edital. Por outro lado, as alegações de violação ao princípio da eficiência e de falta de razoabilidade impressionam. A Administração precisa demonstrar claramente aos candidatos a cargos públicos o que deles deseja, de modo a que possam se preparar adequadamente para obter sucesso no certame respectivo e servir ao Estado com eficiência. Também me parece não razoável convocar candidatos para uma prova, com apenas 10 dias de antecedência, e informar apenas que eles precisam estudar gramática e informática básica. Que partes da gramática? Que áreas da informática? O programa é aparentemente impossível de ser identificado e estudado. Contudo, estamos em sede de cognição superficial e o impetrado não teve a oportunidade de se manifestar. Merece registro o fato de que o edital 024/2009, trazido aos autos pelos impetrantes, faz menção a um outro edital de n° 018/2009, que pode ter especificado o conteúdo programático do concurso. Acrescente-se que o perigo inverso para a hipótese de suspensão da prova está presente, pois estamos a menos de 48 horas da sua realização e a suspensão, nesse momento, causará inúmeros transtornos e custos para a Administração e para todos os candidatos inscritos, especialmente aqueles que eventualmente estejam fora da cidade. Diante de tudo isso, o que me parece mais prudente é o deferimento parcial da liminar, de modo a suspender o certame após a aplicação das provas, que deverão ser lacradas às 12 horas do dia 05/07/09 e somente abertas mediante autorização deste juízo. Assim sendo, defiro parcialmente a liminar para suspender o concurso mencionado na petição inicial após a aplicação da prova marcada para o dia 05/07/09. As provas e/ou cartões de resposta deverão ser lacrados às 12 horas do dia 05/07/09, na presença do oficial de justiça de plantão na Comarca. Intime-se a autoridade impetrada imediatamente, também pelo plantão. Comunique-se à central de mandados para designação de oficial de justiça para acompanhamento da diligência de fechamento das provas e/ou cartões. Requisitem-se as informações. Após, ao MP. Esta decisão servirá como mandado.