Assim como são os homens, são os animais!

Retrato do cotidiano campista na Principal Praça da Cidade, cujo valor orçado foi de R$ 15 milhões, segundo nota no site da PMCG, mas existe uma controvérsia quanto a este valor, dizem as boas e más línguas que o valor real foi de R$ 46 milhões.
Sendo asssim, calcule quanto custa cada bloco de granito que esses cachorros fazem de cama.
Ps. Existe algum órgão que faz o controle de zoonoses na cidade? Se no Centro da Cidade é assim, imagine no subúrbio, na periféria onde eles aparecem de quatro em quatro anos, ou de dois em dois, já nem sei mais.

Nenhum comentário: