Só por hoje – Aprendendo a viver de novo.


"Aprendemos novas maneiras de viver. Não estamos mais limitado às nossas velhas idéias."

Texto básico, p. 61

Talvez tenham nos ensinado, quando éramos crianças, a diferenciar o certo do errado e outras coisas básicas da vida; talvez não. Não importa, quando entramos em recuperação, a maioria de nós tinha apenas uma vaga idéia de como viver. Nosso isolamento do resto da sociedade nos fez ignorar responsabilidades humanas básicas e desenvolver aptidões bizarras de sobrevivência para lidar com o mundo em que vivíamos.
Alguns de nós não sabíamos dizer a verdade; outros eram tão francos que feriam a todos com quem falavam. Alguns de nós não conseguíamos lidar com o mais simples dos problemas pessoais, enquanto outros tentavam resolver os problemas do mundo inteiro. Alguns de nós nunca ficávamos zangados, mesmo recebendo tratamento injusto; outros se dedicavam a elaborar reclamações contra tudo e contra todos.
Quaisquer que sejam nossos problemas, não importa quão graves, todos temos uma chance de aprender a viver de novo, em NA. Talvez precisemos aprender a ser gentis e atenciosos com os outros. Talvez precisemos aceitar as responsabilidades pessoais. Ou talvez precisemos superar o medo e nos arriscarmos. Podemos estar certo de uma coisa: a cada dia, pelo simples fato de viver a vida, aprendemos algo novo.

Só por hoje: Eu sei mais sobre como viver do que sabia ontem, mas não tanto quanto saberei amanhã. Hoje, aprenderei algo novo
.

Nenhum comentário: