Só por hoje - Doando


“Temos que dar livremente e com gratidão o que nos foi dado livremente e com gratidão.”

Texto Básico, p.53.

Em recuperação, recebemos muitas dádivas. Talvez uma das maiores dádivas seja o despertar espiritual que começa quando paramos de usar, intensificando-se a cada dia que aplicamos os passos em nossas vidas. A nova centelha de vida inferior é o resultado direto de nossa nova relação com um Poder Superior, uma relação começada e desenvolvida com a vivência dos Doze Passos. Lentamente, enquanto prosseguimos com nosso programa, a luz da recuperação dissipa a escuridão da nossa doença.
Um dos meios de expressar nossa gratidão pelas dádivas da recuperação é ajudar os outros a descobrirem o que nós achamos. Podemos fazer isso de inúmeras maneiras: partilhando nas reuniões, respondendo as chamadas para o Décimo - Segundo Passo, aceitando o compromisso de um apadrinhamento, ou sendo voluntário para H&I ou serviços telefônicos. A vida espiritual que nos é dada em recuperação requer expressão, porque “só doando podemos conservar o que temos.”
Só por hoje: A dádiva da recuperação cresce quando partilho. Eu procurarei alguém com quem partilhar.

Nenhum comentário: