IF Fluminense faz “Relançamento do Centenário” e prepara Noite da Saudade

As inscrições para a “Noite da Saudade” do IF Fluminense estão abertas a partir da próxima quinta-feira, dia 2 de abril até o dia 12 do mesmo mês. A festa faz parte das comemorações do centenário da Rede Federal de Educação Tecnológica comemorado em setembro.

O objetivo é reunir os ex-alunos da Rede Federal desde a Escola de Aprendizes Artífices até o antigo CEFET Campos, numa noite de muita música, saudade e relembranças dos tempos de escola, no dia 25 de abril, às 20h, na sede da Instituição, em Campos.

Os interessados devem fazer a inscrição no Gabinete da Direção do IF Fluminense e se ainda tiver, levar xérox da carteirinha de estudante ou do diploma. Os convites são gratuitos para os ex-alunos, mas são limitados. De acordo com a organização do evento serão distribuídos 100 convites por década. Os acompanhantes devem comprar o convite no valor de R$20,00.

O Centenário da Rede Federal de Educação Tecnológica foi lançado em setembro do ano passado e desde então conta com uma vasta programação. Nesta próxima terça-feira, dia 31 de março, acontece o “Relançamento do Centenário”.


A programação do dia conta com apresentação musical, grafiteiros, esquetes, e uma gincana com sorteio de camisas do “Centenário” em um dia de integração com os alunos do IF Fluminense. O dia termina com um show marcado para às 21h, na Concha Acústica.


A primeira Escola de Aprendizes Artífices do Estado do Rio e a nona do Brasil – também já chamada de Escola Técnica Federal e CEFET Campos - chega ao ano do seu centenário com a denominação de Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense.


O IF Fluminense foi criado em dezembro do ano passado, junto com outros 37 Institutos em todo o país, incorporando seis unidades: campus Campos-Centro, Campos-Guarus, Itaperuna, Cabo Frio, Macaé e CTA Idelfonso Bastos Borges em Bom Jesus do Itabapoana.

Um comentário:

Malvadeza disse...

20h34 - A empresária Eliana Tranchesi, dona da Daslu, deixa a Penitenciária Feminina da capital paulista acompanhada de sua advogada. Eliana e o irmão foram condenados a 94,5 anos de prisão pelos crimes de formação de quadrilha, contrabando e falsificação de documentos, descobertos na Operação Narciso, deflagrada em 2005 ,JA?!!!.