Bota derrota o Flu por 1 a 0 e conquista a Taça Rio




Com um gol aos 39 minutos do segundo tempo, do antes criticado Renato Silva, o Botafogo venceu o Fluminense por 1 a 0, no Maracanã, e conquistou a Taça Rio 2008. Agora, na final do Carioca, o Alvinegro enfrenta o Flamengo, em dois jogos.
O clássico no Maracanã começou com o Botafogo melhor. No primeiro minuto de jogo, Lúcio Flávio cobrou falta com perigo. A bola passou por toda a área antes de sair pela linha de fundo. O alvinegro era mais perigoso e passava a maior parte do tempo com a bola no campo do adversário, aos poucos, através do talento individual, o Flu ia equilibrando o jogo.

Aos 22 minutos, em bela jogada de Thiago Neves, o Flu teve a maior chance de abrir o placar. O camisa 10 lançou Washington na área, o centroavante dominou e foi derrubado por Renato Silva. Na cobrança o Coraçao Valente mandou a bola na trave esquerda de Castillo, deixando o marcador em 0 a 0.
Thiago Neves, em jogadas individuais, tentava levar o Flu ao ataque. Já o Alvinegro apostava no toque de bola da equipe para chegar ao gol. Túlio, arriscou dois chutes sem perigo, de fora da área. Mas o lance mais perigoso do Glorioso veio através de Aleesandro. Aos 42 minutos, o lateral fez ótima jogada pela direita, limpou um marcador e mandou um balaço na trave direita de Fernando Henrique, que chegou a pular na bola.
Na volta do intervalo, O Botafogo voltou com Leandro Guerreiro no lugar de Túlio, que passou mal. Até os 10 minutos de jogo, nennhuma grande chance, o destaque no estádio era o show das torcidas que não paravam de cantar e incentivar suas equipes.
Aos 12, O Bota chegou. Depois de um cruzamento pelo lado direito, Triguinho cabeceou para o meio da área, mas a zaga afastou o perigo. Quatro minutos depois foi a vez de Thiago Neves, também de cabeça, tentar chegar ao gol tricolor.
Aos 18, Wellington Paulista driblou na grande área, mas adiantou demais a bola e se jogou. O árbitro William Nery deu amarelo para o jogador por ter cavado um pênalti.

Com 27 minutos de jogo, o Flu assustou. Júnior César tabelou com Thiago Neves e invadiu a área. No cruzamento, a zaga conseguiu afastar, mandando para escanteio. Três minutos depois o Tricolor ficou com um a mais em campo. Alessandro foi expulso por fazer falta em Júnior César, no meio-de-campo.
Aos 39 minutos, Fábio pega a sobra e, em posição legal, chuta cruzado. Renato Silva, quase em cima da linha, empurra para o fundo da rede. 1 a 0 Botafogo.
Tartá, que entrou no lugar de Ygor, ainda teve a chance de empatar, aos 42. Mas o Botafogo, que ainda teve Jorge Henrique expulso, nos acréscimos, é o campeão da Taça Rio e decidirá a final do Carioca contra o Flamengo.

Nenhum comentário: