Menor salário de servidor em cidade de SP é de R$ 2.343

Garis e auxiliares de serviços gerais receberão R$ 2.343 em Paulínia (SP)

Em 30 de abril os servidores da Prefeitura de Paulínia, a 120 km de São Paulo, vão receber seus vencimentos com o acréscimo de um abono de R$ 300 e a incorporação ao salário-base dos abonos anteriores que somavam R$ 1,5 mil. Com isso, o menor salário do funcionalismo de Paulínia, como garis e auxiliar de serviços gerais, passa para R$ 2.343. O salário-base das categorias era de um salário mínimo e meio e o abono (R$ 1,5 mil) vinha discriminado à parte.
O projeto de lei que incorpora os abonos acumulados ao salário-base e autoriza o novo abono em vigor aos servidores teve a aprovação unânime dos dez vereadores e foi sancionada pelo prefeito Edson Moura (PMDB), que está em seu terceiro mandato.
Paulínia tem 70 mil habitantes, 53 anos de fundação e cerca de 5 mil servidores. Cada um deles recebe um 14º salário no mês de aniversário. Perto de mil são comissionados. O maior salário é o dos secretários municipais, que gira em torno de R$ 14 mil. A maior fonte de arrecadação de impostos do município é a Refinaria do Planalto (Replan) da Petrobras, conhecida como Refinaria de Paulínia.
Na criação do Salário Razoável "Foi corrigida uma distorção", diz Eudinei Cabral, presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Paulínia. Segundo ele, para uma cidade com grande poder aquisitivo e expressiva arrecadação de impostos, nada mais justo que o funcionário público receba "um salário razoável".
Cabral diz que a incorporação de R$ 1.500 correspondente aos três abonos anuais acumulados, que agora constará no holerite aumentando o salário base municipal, não poderá ser retirado pelo próximo chefe do executivo.
DesperdícioPara o presidente da Ong Associação dos Moradores e Amigos (AMA) de Paulínia, Valmor Amorim, a administração não sabe aplicar os recursos que dispõe. "É um desperdício distribuir aumento de salário sem análise. É preciso um plano de cargos e buscar a melhoria do serviço publico", disse.
Para ele, há setores carentes na cidade que não são priorizados. "O que adianta gastar R$ 10 milhões com transporte de estudantes se daria para construir escolas com esse dinheiro?", pergunta. Amorim e a AMA questionam ações administrativas do executivo e legislativo e autores de dezenas de representações a justiça.
Cidade Feliz "Paulinia, Cidade Feliz" é o slogan impresso em equipamentos públicos. O novo prédio da prefeitura, recoberto por paredes espelhadas em tom azul, lago artificial interno, queda d'água externa e acesso opcional subterrâneo, foi batizado de Palácio Cidade Feliz.
Conforme a prefeitura, desde 1972, com a chegada da Replan, da Petrobras, a maior fonte de arrecadação é do pólo petroquímico. Hoje o grupo da Petrobras na cidade é responsável por 20% de todo o petróleo processado no Brasil. Só em ICMS oriundo da refinaria Paulínia arrecada cerca de R$ 600 milhões anuais.
Mesmo sem nenhuma torre de extração de petróleo são mais de 200 empresas ligadas ao ramo petrolífero. Só a Replan contribui em 60% do total da arrecadação de tributos. A ampliação da Replan, anunciada pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva, em visita a cidade em fevereiro último, poderá gerar mais recursos ao município.

Fonte: Terra

Um comentário:

Anônimo disse...

REVOLUÇÃO QUILOMBOLIVARIANA !

Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada a elite mundial, é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criou-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo estes afro-ameríndio descendentes vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosas quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc.
Manifesto da Revolução Quilombolivariana vem ocupar os nossos direito e anseios com os movimentos negros afro-ameríndios e simpatizantes para a grande tomada da conscientização que este país e os países irmãos não podem mais viver no inferno, sustentando o paraíso da elite dominante este manifesto Quilombolivariano é a unificação e redenção dos ideais do grande líder Zumbi do Quilombo dos Palmares a 1º Republica feita por negros e índios iguais, sentimento este do grande líder libertador e construí dor Simon Bolívar que em sua luta de liberdade e justiça das Américas se tornou um mártir vivo dentro desses ideais e princípios vamos lutar pelos nossos direitos e resgatar a história do nossos heróis mártires como Che Guevara, o Gigante Oswaldão líder da Guerrilha do Araguaia. São dezenas de histórias que o Imperialismo e Ditadura esconderam.Há mais de 160 anos houve o Massacre de Porongos os lanceiros negros da Farroupilha o que aconteceu com as mulheres da praça de 1º de maio? O que aconteceu com diversos povos indígenas da nossa América Latina, o que aconteceu com tantos homens e mulheres que foram martirizados, por desejarem liberdade e justiça? Existem muitas barreiras uma ocultas e outras declaradamente que nos excluem dos conhecimentos gerais infelizmente o negro brasileiro não conhece a riqueza cultural social de um irmão Colombiano, Uruguaio, Argnetina,Boliviana, Peruana,Venezuelano, Argentino, Porto-Riquenho ou Cubano. Há uma presença física e espiritual em nossa história os mesmos que nos cerceiam de nossos valores são os mesmos que atacam os estadistas Hugo Chávez e Evo Morales Ayma , não admitem que esses lideres de origem nativa e afro-descendente busquem e tomem a autonomia para seus iguais, são esses mesmos que no discriminam e que nos oprime de nossa liberdade de nossas expressões que não seculares, e sim milenares. Neste 1º de maio de diversas capitais e centenas de cidades e milhares de pessoas em sua maioria jovem afro-ameríndio descendente e simpatizante leram o manifesto Revolução Quilombolivariana e bradaram Viva a,Viva Simon Bolívar Viva Zumbi, Viva Che, Viva Martin Luther King, Viva Oswaldão, Viva Mandela, Viva Chávez, Viva Evo Ayma, Viva a União dos Povos Latinos afro-ameríndios, Viva 1º de maio, Viva os Trabalhadores e Trabalhadoras dos Brasil e de todos os povos irmanados.
http://vivachavezviva.blogspot.com/
quilombonnq@bol.com.br
Organização Negra Nacional Quilombo
O.N.N.Q. Brasil fundação 20/11/1970