Bola Fora: Botafogo perde, de virada, para a Portuguesa


Mesmo após sair na frente do marcador, com um gol de Wellington Paulista, o Botafogo foi derrotado pela Portuguesa por 3 a 1, de virada, no Canindé. Com a derrota, o Alvinegro segue com 42 pontos, e deixa a zona de classificação para a Libertadores.
Logo no primeiro minuto de jogo, Túlio foi derrubado na área, mas o árbitro Héber Roberto Lopes mandou o jogo seguir. As equipes ainda se respeitavam quando aos 11 minutos a Portuguesa criou a primeira chance de gol. Após cruzamento no segundo pau, Castillo se antecipou a Athirson e afastou o perigo.
A melhor chance alvinegra aconteceu aos 29. Carlos Alberto arriscou uma bomba de fora da área, André Luís pulou na bola e evitou o primeiro gol botafoguense. No entanto, aos 41, o goleiro da Portuguesa não conseguiu evitar que o Glorioso pulasse na frente do placar. Carlos Alberto recebeu cruzamento na grande área e escorou para Wellignton Paulista, também de cabeça, abrir o marcador.
A Portuguesa voltou para a segunda etapa com duas modificações e Fellype Gabriel quase empatou aos 6 minutos. Castillo fez grande defesa em chute de longa distância do apoiador, ex-Flamengo. Três minutos depois, o jogador conseguiu o gol de empate. Castillo deu rebote na cabeçada de Edno e a bola sobrou para Fellype Gabriel empurrar para as redes. Além do gol tomado, o Botafogo perdeu seu goleiro, machucado. Renan entrou em seu lugar.
A Portuguesa melhorou na partida, se tornando mais ofensiva, e o jogo ficou mais disputado. A melhora se tornou significativa aos 30 minutos, quando Edno recebeu passe de Fellype Gabriel, entrou na área e chutou para marcar o segundo da Lusa. Aos 38, a Portuguesa deu número finais na partida. Edno recebeu em condição legal, ficou cara a cara com Renan, tirou do goleiro e bateu para colocar 3 a 1 no placar.
Na próxima rodada do Brasileirão o Botafogo tem pela frente o clássico contra o Fluminense, domingo, no Engenhão.

Nenhum comentário: