CPI da Pedofilia quebra sigilo de 3.261 páginas do Orkut


CPI da Pedofilia do Senado aprovou nesta quarta-feira a quebra do sigilo telemático de 3.261 páginas do site de relacionamentos Orkut, de propriedade da Google. A quebra se restringe às páginas que supostamente abrigam fotos de pedofilia que foram alvo de denúncias e estão protegidas por uma ferramenta de bloqueio que permite que apenas pessoas autorizadas pelos donos tenham acesso ao conteúdo.

Com a medida, a Google está obrigada a repassar à CPI o conteúdo dos álbuns de fotografias contidos nas páginas.

"Nós vamos cumprir assim que recebermos essas ordens. Mas essa é uma questão técnica. Eu vou ter que avaliar para saber como nós vamos conseguir entregar essas informações em tempo hábil", disse o presidente da Google no Brasil, Alexandre Hohagen.

Agência Brasil

Nenhum comentário: