Botafogo está na final da Taça GB

- Com um gol de Wellington Paulista, numa falha do goleiro Fernando Henrique na primeira etapa, e um de pênalti marcado por Lúcio Flávio, aos 45 minutos do segundo tempo, o Botafogo venceu o Fluminense por 2 a 0 e se classificou para a final da Taça Guanabara. Além de vitória sobre o estrelado elenco tricolor, o Alvinegro conseguiu desbancar a última equipe invicta do Estadual.
Logo aos dois minutos, Wellington Paulista mostrou que queria jogo. o atacante recebeu cruzamento na área e cabeçeou por cima do gol de Fernando Henrique. Aos 13 minutos a primeira grande chance tricolor. Leandro Amaral recebeu dentro da área e chutou cruzado, à direita do gol de Castillo
Era dia do camisa 9 alvinegro. Aos 15 minutos de jogo Diguinho achou Wellington, que ajeitou e soltou a bomba. A bola explodiu no travessão de Fernando Henrique, voltou nas costas do goleiro, mas saiu para escanteio. Quatro minutos depois, novamente o artilheiro. Zé Carlos bateu faltra, a bola espirrou e sobrou livre para o atacante, que bateu no canto, Fernando Henrique salvou com os pés.
O Fluminense não levava perigo ao gol de Castillo, e mostrava até certo desespero. Thiago Neves despediçou uma chance de gol ao fazer falta em Diguinho para revidar uma falta não marcada pelo árbitro Luis Antônio Silva Santos. Luiz Alberto, logo em seguida, foi outro a ser advertido pelo juiz ao pedir cartão amarelo para o adversário.
Enfim a alegria para o camisa 9 alvinegro. Lúcio Flávio bateu escanteio. Zé Carlos subiu junto com Ygor, Fernando Henrique furou a bola, que sobrou livre para Wellington Paulista escorar para o gol. 1 a 0 no placar.
A resposta tricolor veio 2 minutos depois. Washington recebeu na área e bateu para o gol. O auxiliar marcou impedimento do jogador tricolor.
O Botafogo se encolheu, talvez por ter perdido o meia Zé Carlos, substituído pelo atacante Fábio, e pela contusão de Jorge Henrique, que mancava em campo, e o Flu pressionava. Leandro Amaral e Thiago Neves perderam boas chances de colocar o placar em igualdade.
Antes do apito do fim do primeiro tempo, Lúcio Flávio arriscou de fora da área, mas Fernando Henrique, tentando se redimir da falha no gol pulou no cantinho para afastar para escanteio.
O segundo tempo começou e o Flu partiu para cima do adversário. Com 5 minutos, duas chances tricolores já haviam sido desperdiçadas. Nove minutos mais tarde, uma forte vaia ecoou na torcida alvinegra, era a entrada de Dodô em campo com a camisa do Fluminense.
Aos poucos o Botafogo foi retomando o gosto pela partida. Túlio, aos 15, e Wellington Paulista, aos 20, perderam oportunidades de ampliar o marcador.
O Alvinegro chegou a ficar com um jogador a menos, com a expulsão do lateral esquerdo Triguinho, aos 30. Oito minutos depois a melhor chance do Flu. Leandro Amaral cruzou, Luiz Alberto evitou a saída e Washington se esticou para cabeçear. Fábio, quase em cima da da linha, afastou o perigo.
Faltando 2 minutos para o fim do tempo normal, o zagueiro Thiago Silva parou o ataque alvinegro com falta e recebeu cartão vermelho, deixando as duas equipes com 10 jogadores em campo. Em seguida, Túlio invadiu a área e num lance confuso, o árbitro marcou penalti. Lúcio Flávio cobrou com categoria e deu números finais ao jogo. A torcida alvinegra comemorou, com direito a 'dança do créu', talvez em "homenagem" ao adversário Thiago Neves.

2 comentários:

André Lacerda disse...

Agora podem esperar para perder pro Vascão na semana que vem com dois gols do Edmundo!!!
uhahuauhahuahuahuhua

Até lá!

fabianoseixas disse...

Que venha o Flamengo!
Domingo a gente vai pegar a galera do urubu é crewwwwwwwwww no Maraca!