O Presidente Lula e suas frases:

'Se porrada educasse, bandido saía da cadeia santo'

No seu primeiro compromisso oficial no Rio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou o canteiro de obras no complexo siderúrgico Thyssenkrupp CSA. No discurso que fez para milhares de operários do complexo, o presidente ressaltou as intervenções que fará nas comunidades da Rocinha, do Complexo do Alemão e de Manguinhos, dentro do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).
"Não vamos fazer intervenção com a polícia. Vamos entrar nessas comunidades com escolas, postos de saúde, empregos, oportunidades e áreas de lazer. Se porrada educasse as pessoas, bandido saía da cadeia santo", afirmou Lula. Ele volta ao Rio no dia 7 de março para inaugurar as obras dessas três favelas.
O presidente destacou ainda questões relativas à Segurança Pública. Lula afirmou que 99% do povo brasileiro é formado por gente honesta, que tem família e que quer trabalhar. "Isso aqui é uma oportunidade. Se o Estado não oferece, se as empresas não oferecem, o crime organizado vai oferecer", disse.
Nesta manhã, Lula, o governador Sérgio Cabral e o presidente do grupo alemão ThyssenKrupp, Karl-Ulrich Köhler, descerraram placa comemorativa em homenagem à visita do presidente da República.
A implantação da CSA representa um investimento de três bilhões de euros- o maior dos últimos dez anos no País. A nova usina responderá pela produção de cinco milhões de toneladas de placas de aço por ano, destinadas à exportação, e irá gerar 18 mil vagas de trabalho na fase de construção.
A partir de março de 2009, quando a usina estiver funcionando, o empreendimento passará a oferecer 20 mil novos empregos diretos e indiretos. Até o momento, já foram contratadas 14 mil pessoas para as obras nas instalações.
As obras, que estão sendo feitas em uma área de 9 km quadrados do distrito industrial de Santa Cruz, prevêem também a construção de um porto com dois terminais. Um deles será responsável pelo recebimento de 4 milhões de toneladas por ano de carvão mineral e o outro pelo escoamento da produção das placas de aço que serão produzidas.

Nenhum comentário: