Dia do Abandono II - Não cumprimento das reinvindicações estudantis


No dia 20 de Julho de 2007, o aluno do 4° período do curso superior de Licenciatura em Ciências do Cefe,t José Carlos Moção, foi atropelado e morto, na esquina da rua do Barão com avenida 28 de março, ao lado do Cefet Campos. Testemunhas alegam que o veículo teria passado como sinal fechado e atingido a aluno que atravessava a rua em sua bicicleta, o blogueiro, teve a oportunidade de junto a uma assistente social, fazer o reconhecimento do corpo do jovem ainda no sala de politraumátizados do Hospital Ferreira Machado, e me recordo de logo depois do sepultamento, ter participado de manisfestação organizadas pelos alunos que culminou numa reunião no Auditório da Prefeitura Municipal de Campos, com a presença do Secretário de Governo, Sr. Toninho Viana, da Comunicação Social, Sr. Roberto Barboza, do Presidente da EMUT, Sr. Ronaldo Linhares, do Subcomandante da Guarda Civil Municipal e da então Vice Diretora do Cefet Campos, profa. Cibele Daher, onde os presentes se comprometeram a refazer a sinalização viária nas ruas de acesso ao CEFET Campos, como a remarcação das faixas de pedestres e a retorno do pardal eletrônico que havia sido retirado, devido ao término do contrato com a empresa prestadora do serviço de manutenção do mesmo. De imediato, isso foi muito estranho, pois imaginava-se que o pardal era do município e não locado, moral da história, ambos assumiram o compromisso de colocar o pardal e até hoje, isso não se tornou real, o trecho onde o jovem foi atropelado e morto continua abandonado, será que eles irão esperar acontecer outro acidente com vítima faltal para tomar alguma providência? Na época eles justificavam que teriam que aguardar os prazos legais para licitação, que pelo visto já deve ter sido até dilatado, fica a dúvida, porquê inúmeras obras nem tão emergenciais foram feitas sem licitação? Estranho, muito estranho! Vamos trabalhar gente!
Ps. avisem aos guardas municipais que trabalham naquela região que as aulas do CEFET já começaram a muito tempo!

Nenhum comentário: