Atitude, mais que uma simples mudança!

"Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente
A gente muda o mundo na mudança da mente
E quando a mente muda a gente anda pra frente
E quando a gente manda ninguém manda na gente
Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
Na mudança de postura a gente fica mais seguro
Na mudança do presente a gente molda o futuro."
(Até Quando? Gabriel Pensador)
Mudar é algo inerente ao homem, sempre fazemos mudanças, seja no campo pessoal ou no campo profissional.
Mudamos de roupas diariamente, mudamos nossa forma de se alimentar, mudamos até nossos pensamentos.
A mudança é algo inevitável no indivíduo que busca elevação do seu conhecimento, as atitudes que possam agregar novos valores e tornar os seus princípios distanciados das atitudes egocentristas que corrompem a natureza humana.
Voltando do Rio de Janeiro, após o jogo da final do Campeonato Carioca, não deixei de fazer o exercício que se tornou uma mania quando estou por lá, ficar lendo as frases das pichações, e uma delas me chamou a atenção: “Você é responsável por suas escolhas”.
Fiquei durante o trajeto do Maracanã até a Praça XV, onde iria pagar uma barca para Niterói, refletindo sobre a intensidade daquela frase, realmente concordava com cada palavra, cada letra para mim serviu como um combustível para eu rever minhas atitudes e responsabilidades.
Pensei bastante na minha cidade, nos rumos que ela vai tomando, principalmente no âmbito da gestão municipal.
"Muda que o medo é um modo de fazer censura"

Muito ainda tem que se fazer por essa cidade, muitas são as escolhas para colocar Campos dos Goytacazes, figurando no cenário nacional, não como uma cidade abandonada, sem planejamento na gestão dos recursos públicos, onde se tem hoje um grupo político da mesma origem, do mesmo “DNA”, buscando de todas as formas disparar suas metralhadoras midiáticas, utilizando de seus jornais oficiais para fazer uma lavagem de roupa que em nada acrescentam no desenvolvimento da cidade, na atração de novas empresas, novos postos de trabalhos.
O momento é mais que oportuno para fazer boas escolhas, romper com estas práticas condenadas, com o assistencialismo, com a manutenção dos cabos eleitorais através de empresas ou fundações, deixando de cumprir a carta magna, ao não realizar os concursos públicos para as áreas onde existem carências de profissionais qualificados, dando oportunidade para que todos tenham acesso ao tão sonhado emprego público e suas regalias.
Não sou contra a terceirização ao contrário, sei da importância da utilização de mão-de-obra nesta modalidade, cada vez mais presente no mundo do trabalho. O que condeno é prática de manter um exército de cabos eleitorais com o dinheiro público.
Estive nas dependências do Palácio Nilo Peçanha hoje pela manhã, em especial num cartório eleitoral, e pude presenciar uma grande multidão de jovens que tiravam o seu título eleitoral pela primeira vez, me lembrei do momento que passei por esta experiência, ter na mão o passaporte capaz de me habilitar o exercício da democracia, o voto direto, a escolha dos meus representantes nos Poderes Executivos e Legislativos.
"Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
Na mudança de postura a gente fica mais seguro
Na mudança do presente a gente molda o futuro"

É hora de fazer as escolhas corretas, pois neste momento, acabo de receber a notícia de que um vereador ao ter suas contas reprovadas pelo Tribunal Superior Eleitoral perde seu mandato.
Imaginei a cena deste vereador nas escadarias do Palácio Nilo Peçanha pedindo voto a alguém que tenha tirado o título hoje e agora a noite a pessoa receba a notícia de que ele tenha perdido o mandato ao ser condenado pela apresentação de extratos bancários falsos, a não movimentação de recursos financeiros por meio de conta bancária específica e a não emição de recibos eleitorais.
Para os ministros do TSE, não cabe Recurso Especial contra decisão relativa à prestação de contas, por ser esta de natureza administrativa.
Mais uma vez os políticos de Campos entram para o noticiário por práticas condenadas, crimes cometidos, onde um pedido de desculpas ou um “mea culpa”, não serão capazes de reverter uma decisão judicial.
Que os ventos de uma Terceira Via se aproximem de nossa Campos dos Goytacazes e despertem os homens e mulheres de bem que não compactuam com tudo de ruim que está acontecendo em nossa cidade.
Não merecemos isso!
Nossa gente é guerreira!
"Muda, muda essa posturaAté quando você vai ficando mudo"

Hora de colocar a mão na massa e varrer aqueles que pensam somente na acumulação de bens e riqueza, o dinheiro público é para ser utilizado para o bem de todos e não de uma minoria que não tem a dignidade de ser chamada de representante do Povo, a mim eles nunca representaram, meus pais me ensinaram valores e princípios que norteam minha caminhada
Eu acredito na mudança do cenário atual!
Além de caminhos, temos uma Terceira Via, essa é a nossa certeza!

Um comentário:

malvadeza disse...

oi amigo, VIVA Cecilia a nossa nova Vereadora Cecilia ribeiro gomes no lugar de Marcos Alexandre