Botafogo: Meta é fechar o ano com honra

Momento de lazer, Praia do Abrão - Ilha Grande-RJ
Motivação do Botafogo contra Goiás é somar pontos para ter melhor colocação desde 1995
Ao fim de uma semana conturbada, o Botafogo tenta esquecer os problemas financeiros e entra em campo neste domingo, às 17h, contra o Goiás, com apenas uma motivação: tentar terminar o Brasileirão na melhor colocação do clube desde 1995, quando ganhou o título nacional.Mas a missão não será das mais fáceis.
Além de ter um time desfalcado de Carlos Alberto — deixou o clube nesta semana — e que não briga por mais nada na competição, o elenco terá de viajar de ônibus até Itumbiara, que fica a mais de 200 quilômetros da capital goiana.
Túlio, que jogou muito tempo no Goiás, já atuou no estádio de Itumbiara, quando defendia o clube esmeraldino.
“Já sofri muito com o sol de lá, pois é uma cidade bem quente. Mas fiquei sabendo que melhoraram o gramado e os vestiários. Ainda bem, pois da última vez que estive lá o campo era tão ruim que tinha até casa de cupim no gramado”, contou o jogador, que jogará improvisado na lateral direita — Alessandro e Thiaguinho estão lesionados.
O jogador, que nasceu em Brasília, espera ter uma torcida local apoiando o Alvinegro. Como é uma cidade que fica em Goiás, mas é perto de Minas Gerais, deverá ter muitos alvinegros no estádio. Minha família não vai porque é distante de Brasília, mas espero que os meus amigos do estado estejam lá, com a camisa do Fogão”, frisou Túlio.
A partida só terá um sabor especial para o apoiador Lucas Silva. O jogador, cujo contrato termina no fim do ano, herdou a vaga de Carlos Alberto. Ele espera mostrar que pode renovar contrato com o Alvinegro para o ano que vem.
“Não só essa partida, mas todos os últimos quatro jogos vão valer a minha permanência no Botafogo. Minha intenção é ficar mais um ano, e não posso despediçar a oportunidade, já que tive poucas no ano”, revelou o novo titular.

Um comentário:

Anônimo disse...

tirando onda na foto ...kk
isso ae .. curta sua onda!