O bicho, meu Deus, era um homem. Manuel Bandeira

As imagens foram capturadas pelo professor e biólogo do CEFET Campos, Ricardo Pacheco Terra, em trabalho de campo, coletando amostras de água e das diferentes espécieis de peixes mortos no acidente ecológico no Rio Paraíba do Sul, um homem constrói uma habitação precária, em pleno centro da Cidade de Campos, no cais da Lapa, onde é visível as condições sub-humanas, resultado imediato das faltas de ações políticas sérias na erradicação da pobreza, na oferta de vagas no mercado de trabalho, que faz com este senhor entre para as estatísticas dos pobres e miseráveis desta cidade. Se olharmos bem, veremos que este homem utiliza uma camisa da Petrobrás, empresa responsável pela riqueza do município, através dos repasses dos royalties, essa herança maldita que nas mãos de governantes incompetentes não promove a humanização de muitos cidadãos desta cidade. Aquilo que não consegui expressar em palavras se torne possível através da reflexão do leitor nas imagens.















Um comentário:

Anônimo disse...

Nossa! Que contradição essa foto nos mostra!