Botafogo quer vitória no Morumbi




O Botafogo começa a mostrar uma nova cara sob o comando de Ney Franco. Mas se quiser, de fato, melhorar sua situação na tabela, precisa fazer hoje algo que ainda não conseguiu neste Brasileiro: vencer fora de casa. O adversário é duro: o São Paulo, às 18h10, no Morumbi. Mesmo assim, o ânimo novo injetado pelo treinador parece ser suficiente para aumentar as ambições na equipe.
Logo na chegada, Ney conseguiu um empate na Vila Belmiro que por pouco não seria uma vitória. Em seguida, a goleada sobre o Ipatinga levantou o astral no Alvinegro. Mas o treinador sabe que não é suficiente. “Precisamos começar a conquistar mais pontos como visitantes, se quisermos subir. Todos os líderes têm um desempenho pelo menos razoável fora de casa”, afirmou.
Realmente, a trajetória alvinegra sem o mando de campo é preocupante. Em seis partidas (incluindo o jogo contra o Fluminense, no Maracanã), foram dois empates e quatro derrotas, um aproveitamento de 11%, igual ao do lanterna Ipatinga. Entre os seis primeiros na tabela, o pior é o Palmeiras, com 28% dos pontos. O líder Flamengo tem 61%.
No Engenhão, ao contrário, o time venceu quatro jogos, empatou um e perdeu um, um rendimento de 72%. “Se conseguirmos alcançar mais de equilíbrio fora de casa, em pouco tempo estaremos brigando na parte de cima da tabela, por algo maior” garantiu Ney Franco.
O atacante Jorge Henrique, que depois de 10 jogos sem marcar no Brasileiro balançou a rede duas vezes contra o Ipatinga, acha que a postura ofensiva da equipe não deve mudar pelo fato de o jogo ser no Morumbi. “Mesmo na casa deles, devemos ser agressivos. Essa é a filosofia do nosso técnico e temos de mantê-la. Até porque se nos encolhermos contra um time perigoso como o do São Paulo, a chance de perder é enorme”, realçou.
O Botafogo, no entanto, precisará quebrar um tabu, pois não ganha do São Paulo no Morumbi desde 2000. Em sete jogos, foram seis derrotas e um empate.


Nenhum comentário: