Programa leva professores a países do Mercosul

Professores de instituições federais de ensino superior brasileiras terão a oportunidade de passar duas semanas em instituições públicas da Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela e Chile, países integrantes do Mercosul. O Programa de Mobilidade Docente de Curta Duração do Ministério da Educação custeará passagens e permanência a 27 professores brasileiros, a partir do segundo semestre deste ano.
Para participar, as instituições devem solicitar o formulário de inscrição pelo endereço eletrônico mobdoc.sesu@mec.gov.br e enviá-lo pelos Correios e fax ao MEC até as 18h do dia 8 de agosto.
Entre os objetivos do programa está o fortalecimento da capacidade docente, intercâmbio cultural e o estímulo à implementação de ações conjuntas de cooperação interinstitucional.
“Durante a estadia fora, os professores participarão de atividades institucionais e acadêmicas, além de atividades de extensão”, informa o assessor internacional substituto da Secretaria de Educação Superior (Sesu), Paulo Mayall. O acordo prevê também a recepção de professores dos países do Mercosul pelas instituições brasileiras participantes.
O edital de convocação para o Programa de Mobilidade Docente está disponível na
página eletrônica da Sesu.
Assessoria de Imprensa da Sesu

Nenhum comentário: