Cesar Cielo, medalhista de ouro dos 50m nos Jogos Olímpicos da China.


“A partir deste sábado, sei que vai ficar ainda mais difícil para pra me manter onde estou. Agora, eu sou a mira, não estou mirando mais ninguém”, analisa Cielo, que ainda espera bater o recorde mundial de 21s28. Em Pequim, ele fez 21s30 (recorde olímpico)."

"A minha saída foi um pouco melhor do que antes, mas bem pouquinho mesmo. Mas todo mundo melhorou. Eu sabia que ia precisar melhorar para ficar com o ouro e foquei nos detalhes que fazem a diferença nos 50m."
"Daqui para frente vai ficar ainda mais difícil, mas não posso deixar a peteca cair. O melhor momento que o atleta busca é esse, o ouro. É inexplicável, é minha primeira Olimpíada e já ganhei medalha de ouro, já ganhei medalha de bronze. Vou ter tempo, tenho mais duas Olimpíadas e é buscar sempre o limite e a superação."

Nenhum comentário: