Saiba mais sobre a Ossétia do Sul




A Ossétia do Sul é uma das regiões separatistas da Geórgia. Os conflitos na região começaram em 1922, quando Josef Stalin transformou a região separatista em Região Autônoma da República Socialista Soviética da Geórgia e deu à área a planície adjacente, incluindo Tskhinvali, habitada principalmente por georgianos.
Em 10 de novembro de 1989, o Congresso de Deputados Populares da região proclamou sua conversão em República Autônoma (dentro da Geórgia), decisão que o Parlamento georgiano declarou inconstitucional. No ano seguinte, em 20 de setembro, os deputados proclamaram a soberania e a criação da República da Ossétia do Sul.
Entre 1991 e 1992 a Ossétia do Sul entrou em guerra com a Geórgia, um conflito que deixou milhares mortos. A guerra acabou com a proclamação da República em um acordo de paz que, contudo, não evitou que a Geórgia mantivesse tropas na região.
A Rússia, que intermediou acordos de cessar-fogo e apóia a independência da Ossétia, tem mantido negociadores de paz na região para garantir a sua soberania.
Vem de Moscou cerca de dois terços do orçamento anual da Ossétia do Sul. Praticamente todos os cidadãos ossetianos têm passaporte russo.
A região vive momentos de grande tensão com um ataque militar da Geórgia e a resposta russa.

Saiba mais sobre a Ossétia do Sul:

Capital: Tskhinvali
Área: 4.000 km¦
Localização: Cerca de 100 quilômetros ao norte da capital georgiana Tbilisi, ao sul das montanhas do Caucaso.
População: Cerca de 70 mil pessoas, dos quais 14 mil são georgianos que vivem em diversas vilas na região
Idioma: língua relacionada com o farsi
Religião: cristãos ortodoxos
Moeda: rublo russo


Com Associated Press e Reuters

Nenhum comentário: