Futebol: Meninas deixam o ouro escapar

Seleção feminina perde e deixa o ouro escapar

O sonho virou pesadelo. Depois de uma campanha irrepreensível, a seleção feminina de futebol perdeu a final para os Estados Unidos por 1 a 0 e amargou a medalha de prata. As brasileiras dominaram a partida durante os 90 minutos, mas acabaram sofrendo um gol na prorrogação. A meio-campo Lloyd garantiu o bicampeonato olímpico aos EUA, novamente sobre o Brasil. Em 2004, nos Jogos de Atenas, as adversárias ganharam por 2 a 1.
"Não sei o que acontece com a gente em finais. Jogamos bem até a decisão, e no último jogo a bola não entra. Nos outros jogos fizemos gols fáceis e agora no finzinho a bola rodava a trave e não entrava. Eu estou me perguntando o que acontece com a gente em finais", lamentou Marta após o jogo.
O jogo começou truncado, com poucas chances de gol para ambas as equipes na primeira etapa. Apesar do domínio brasileiro, as meninas não conseguiram criar boas oportunidades.
No segundo tempo, porém, a seleção foi para cima, com tudo. A melhor chance saiu dos pés de Marta. A camisa 10 dominou dentro da área driblou duas adversária e soltou uma bomba. A goleira Hope Solo fez uma defesa espetacular.
Já os EUA, tiveram a melhor chance do jogo no último lance. Rodriguez ganhou no meio-campo e sai cara a cara com Bárbara. A norte-americana tentou encobrir a camisa 1, que salvou e garantiu o time na prorrogação.
Marta se desespera no tempo extra
Apesar do domínio brasileiro, os EUA estavam melhores fisicamente. Logo aos 6 minutos, Lloyd recebeu pela esquerda e chutou muito forte para abrir o placar. A bola passou embaixo de Bárbara. Era o gol do título dos EUA.
A seleção ficou visivelmente nervosa, mas não se abateu. Após ver um chute seu passar por cima do gol, Marta levantou as mãos para o céu e com os olhos cheios d"água perguntou:
"Meu Deus, o que eu fiz de errado?".
O Brasil seguiu pressionando e teve a chance de marcar com Rosana e Cristiane. Mas era dia dos Estados Unidos, que ainda acertaram uma bola na trave. É o terceiro título olímpico das norte-americanas no futebol (Atlanta-96 e Atenas-2004).

Nenhum comentário: