Lula receberá bolsistas da Estácio

Objetivo é sensibilizar o presidente para ajudar na resolução do problema

Bolsistas do ProCampos da Universidade Estácio de Sá estarão na próxima terça-feira (dia 12) no Rio de Janeiro para entregar uma carta ao presidente da república Luis Inácio Lula da Silva.

Os estudantes estão impedidos de renovar matrícula porque a prefeitura não fez o repasse da verba referente ao ano de 2008.

O presidente participará das festividades de 71 anos da União Nacional dos Estudantes (UNE) e de ato pela reconstrução da sede das entidades estudantis, que foi incendiada pela ditadura militar em 1964. Também será lançado a Caravana da UNE por Saúde, Educação e Cultura que percorrerá todo o Brasil.


De acordo com Gilberto Nunes, Vice-Presidente Norte Fluminense da União Estadual dos Estudantes (UEE-RJ), o presidente Lula receberá uma comissão de bolsistas da Estácio após o ato no próprio terreno onde ocorrerá o evento e será reerguida a sede da UNE, na Praia do Flamengo.

Os estudantes sairão da Praça São Salvador às 7 horas de terça em dois ônibus disponibilizados pela UNE.

"Esperamos que o presidente Lula se sensibilize com o problema e intervenha diretamente ao prefeito para que as reivindicações sejam atendidas", disse Gilberto, ressaltando que a UNE é solidária à causa dos bolsistas da Estácio e que a reunião articulada com o presidente é uma tentativa de resolver o problema.

O presidente do Centro Acadêmico de Psicologia, Bruno Ribeiro, disse que os estudantes aguardam uma posição da prefeitura para resolver o problema.

Eles reivindicam a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Ministério Público para que seja firmado um compromisso de que o repasse será feito."A prefeitura diz que o problema será resolvido com o depósito da mensalidade diretamente na conta do aluno, mas queremos um prazo para isso. Os débitos do primeiro semestre, desde janeiro, não foram quitados. Temos até o dia 26 para quitar essa dívida, caso contrário não poderemos estudar", argumentou Bruno.

Os rumos do movimento serão definidos por uma assembléia que acontecerá nesta segunda-feira (dia 11) às 18 horas no auditório da Universidade. Segundo a presidente do Centro Acadêmico de Enfermagem, Allana Cardoso, não está descartada a possibilidade de uma nova manifestação essa semana. "Iremos realizar quantas manifestações forem precisas até que o problema seja resolvido. Infelizmente, ninguém da prefeitura nos recebeu para escutar nossas reivindicações", indigna-se Allana.

PAUTA DE REINVINDICAÇÕES

1. Queremos uma solução! Pela imediato repasse de verba referente ao ano de 2008 pela prefeitura para que os estudantes bolsistas possam renovar a matrícula!
2. Assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) ou Protocolo de Intenções, com a prefeitura se responsabilizando a fazer o repasse do valor em atraso do primeiro semestre do ano letivo de 2008 e das mensalidades do segundo semestre.
3. Pela garantia da matrícula dos calouros contemplados com a bolsa do ProCampos. Liberação já da listagem com os nomes dos novos estudantes contemplados pela bolsa do ProCampos.
4. Pela moralização do ProCampos. Por um programa de incentivo à bolsa universitária democrático e mais transparente.
5. Pelo fim dos atrasos no repasse de verbas às universidades!

Nenhum comentário: